Segundona

Coritiba derrota o Náutico, último invicto da Série B, no frio do Couto Pereira

(Foto: Valquir Aureliano)

Num clima bastante frio (5ºC no começo da partida e 4ºC no fim), o Coritiba derrotou o Náutico por 3 a 1 na noite desta sexta-feira (30), no Couto Pereira. Com isso, o time paranaense derrubou o único time que até então estava invicto na Série B. A partida era válida pela 15ª rodada da competição.

ATUAÇÕES: Veja quem jogou bem e quem jogou mal no Coritiba diante do Náutico

Com o resultado, o Coritiba foi a 28 pontos e manteve a segunda posição na Série B. Em caso de empate, o time seria ultrapassado pelo Goiás, que também nesta sexta-feira bateu o Operário de Ponta Grossa (1 a 0) e foi a 26 pontos. O Náutico ainda lidera, com 30. Mas deixou de ser o único invicto. Até então, sequer havia tomado mais de um gol em uma partida desta Segundona.

A última vez que o Coritiba perdeu para o Náutico em casa foi em 1984, pelo Brasileirão daquele ano.  

TABELA

Na próxima partida, o Coritiba enfrenta o Brusque, em Santa Catarina, na terça-feira (3), às 19 horas. A partida estava agendada para a 3ª rodada, mas foi adiada na ocasião, por causa de jogos da Copa do Brasil. O volante Val cumpre suspensão nesse jogo em Santa Catarina.

Na sexta-feira (6), às 19h30, o time paranaense duela contra o Goiás, no Couto Pereira, pela 16ª rodada.

ESCALAÇÃO

O Coritiba tinha quatro mudanças em relação à derrota de 1 a 0 para o Operário, em Ponta Grossa. O lateral-direito Natanael, que cumpriu suspensão, retornou ao time. Quem saiu foi o volante Matheus Sales, que além de tudo cumpria suspensão. Com isso, Val volta a jogar como volante — ele começou na lateral-direita contra o Operário. Além disso, o volante William Farias, o ponta Igor Paixão e o meia Robinho retornaram, nos respectivos lugares de Jhony Douglas, Valdeci e Rafinha. O time entrou no O técnico Gustavo Morínigo ainda cumpriu o segundo jogo de suspensão. O auxiliar Júlio Sérgio ficou na casamata.

O Náutico não tinha o meia Jean Carlos e o centroavante Kieza, ambos lesionados. Jean Carlos teve uma passagem apagada pelo Coritiba na Série B de 2018 (23 jogos, 0 gol e 2 assistências), mas nesta edição ele soma sete gols e quatro assistências em 14 jogos e é o artilheiro do time na competição.

PRIMEIRO TEMPO

Em casa, o Coritiba tomou iniciativa, mas ficou dependente de cruzamentos e de chutes de fora da área. A partir dos 15 minutos, o Náutico equilibrou as disputas no meio-de-campo. Mesmo assim, o time paranaense não correu riscos na defesa. Quando conseguiram se acertar no ataque, os coxas-brancas fizeram dois gols. Aos 33 minutos, Igor Paixão abriu o placar, após aproveitar o rebote de um chute de Val que bateu na trave. Aos 41, Robinho lançou nas costas da defesa e Waguininho mandou para dentro. A superioridade coxa-branca na etapa foi bem traduzida no número de finalizações: 12 vezes (3 certas), contra apenas 2 (1 certa) do Náutico.

SEGUNDO TEMPO

Na etapa final, o Coritiba sofreu alguma pressão do Náutico – que voltou com o ex-coxa-branca Iago Dias no lugar do meia Marciel. O time da casa se fechou bem na defesa e ainda ameaçou em contra-ataques. Mas, aos 24, a defesa coxa-branca falhou e Matheus Carvalho descontou para os pernambucanos.

Em seguida ao gol, o técnico interino Júlio Sérgio trocou o lateral Natanael e o meia Robinho (ambos já tinham cartão amarelo) por Igor e Rafinha, respectivamente. O time manteve o esquema 4-2-3-1. E marcou o terceiro gol aos 36 minutos numa jogada de esperteza: Igor cobrou rápido uma falta e Igor Paixão cruzou com a defesa adversária desarrumada para Leo Gamalho marcar, de cabeça. Foi o 7º gol do artilheiro coxa-branca na Série B. Aos 44, o lateral Romário e o volante Bernardo entraram nos lugares de Igor Paixão e Val. Aos 50, o zagueiro Wellington Carvalho ainda entrou no lugar de Leo Gamalho.

ESTATÍSTICAS

Ao fim de 90 minutos, o Coritiba somou 16 finalizações (4 certas), 44% de posse de bola, 71% de passes certos e 3 escanteios. O Náutico obteve 9 finalizações (3 certas), 56% de posse de bola, 81% de passes certos e 5 escanteios. Os números são do site Sofascore.

CORITIBA 3 x 1 NÁUTICO

Coritiba: Wilson; Natanael (Igor), Henrique, Luciano Castán e Guilherme Biro; Val (Beranrdo) e Willian Farias; Waguininho, Robinho (Rafinha) e Igor Paixão (Romário); Léo Gamalho (Wellington Carvalho). Técnico: Júlio Sérgio
Náutico: Alex Alves; Hereda (Breno Lorant), Camutanga (Iago), Carlão e Rafinha (Matheus Carvalho); Matheus Trindade, Rhaldney (Vargas) e Marciel (Tago Dias); Bryan, Guillermo Paiva e Vinicius. Técnico: Hélio dos Anjos
Gols: Igor Paixão (33-1º), Waguininho (41-1º), Matheus Carvalho (24-2º), Leo Gamalho (36-2º)
Cartões amarelos: Camutanga, Willian Farias, Vinicius, Natanael, Val, Robinho, Bryan
Árbitro: Thiago Luis Scarascati (SP)
Local: Couto Pereira, às 20 horas

LANCES DO JOGO

PRIMEIRO TEMPO

3 – Leo Gamalho recebe de Waguininho, domina fora da área e arremata. A bola devia na zaga e sai em escanteio. Após a cobrança, Val chuta de fora da área, por cima do gol

9 – Robinho cruza para a área. Leo Gamalho cabeceia. Alex Alves salta e pega

14 – Robinho recebe de Igor Paixão e bate de fora da área, por cima do gol

19 – Val cruza. Igor Paixão cabeceia. A bola sai rente à trave esquerda

20 – Marciel domina fora da área, dribla Luciano Castan e bate a gol. A bola passa perto da trave

33 – Gol do Coritiba. Após contra-ataque, Waguininho rola para Val, que chuta de fora da área. A bola bate na trave e cai com Igor Paixão. Livre na área, ele manda para dentro

41 – Gol do Coritiba. Robinho lança. Waguininho entra na área em velocidade e finazila de primeira, na saída do goleiro

44 – Rafinha cobra falta rasteira. A bola passa por baixo da barreira e Wilson pega

SEGUNDO TEMPO

9 – Leo Gamalho cruza. Robinho ajeita e Val chuta de fora da área. A bola sai à direita do gol

12 – Após bola rebatida pela defesa coxa-branca, Bryan arremata de fora da área, por cima do gol

21 – Igor Paixão recebe de Val, dribla Hereda e tenta o chute cruzado no alto, mas manda por cima do gol

21 – Waguininho recupera a bola no ataque e serve Robinho, que toca para Leo Gamalho. Ele chuta de fora da área e manda à direita do gol

24 – Gol do Náutico. Henrique afasta mal uma bola pelo alto. Paiva ganha de Guilherme Biro na área e toca para Matheus Carvalho, que gira em cima de Henrique e bate por baixo de Wilson

36 – Gol do Coritiba. Igor Paixão sofre falta a 15 metros da área. Igor cobra curto para Igor Paixão, que cruza da direita. Leo Gamalho sobe quase na risca da área e marca de cabeça

40 – Matheus Trindade domina fora da área e bate a gol. Wilson salta e defende no ângulo esquerdo

43 – Paiva recebe lançamento de Matheus Carvalho, avança e chuta para fora