Série B

Coritiba empata em Salvador, lidera com folga e soma 330 minutos sem sofrer gols

Vitória 0x0 Coritiba
Vitória 0x0 Coritiba (Foto: Divulgação/Coritiba)

O Coritiba empatou em 0 a 0 com o Vitória, nessa quarta-feira (dia 22) à noite, em Salvador, pela 25ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Com o resultado, o time paranaense segue na liderança da competição, agora com 46 pontos – 4 pontos à frente do vice Goiás e 8 a mais que o 5º colocado. A equipe baiana está em 17º lugar, com 25 pontos. Clique aqui para ver a classificação no site Srgoool.

Esse foi o terceiro jogo seguido do Coritiba sem sofrer gols, ou seja, um total de 270 minutos. Como o último gol sofrido foi na vitória por 3 a 2 sobre o Londrina, aos 28 minutos do 1º tempo, o período sem levar gols chega a 332 minutos.

Em relação ao desempenho, o Coritiba não fez uma grande partida. Foi superior ao Vitória e teve três boas chances para abrir o placar, todas no segundo tempo e todas de cabeça. O time baiano também não jogou bem e só teve uma oportunidade de gol na partida – um chute de Fernando Neto (ex-Paraná Clube) defendido por Wilson.

Clique aqui para ver as ATUAÇÕES — notas para os jogadores do Coritiba.

FASES
O time paranaense vinha de três vitórias consecutivas. Melhor visitante da Série B, o Coritiba soma 7 vitórias, 3 empates e 3 derrotas fora de casa. Já o Vitória é o 4º pior mandante da competição, com 3 vitórias, 6 empates e 4 derrotas.

O time baiano só sofreu uma derrota nos últimos 9 jogos — com 2 vitórias e 6 empates nos demais confrontos.

ESCALAÇÃO
A baixa no Coritiba era o zagueiro Luciano Castán, suspenso. A vaga dele ficou com Wellington Carvalho. O esquema tático foi o 4-2-3-1 de sempre, com Waguininho (direita), Igor Paixão (esquerda) e Robinho (centro) no setor ofensivo. Já o Vitória não tinha o meio-campista uruguaio Pablo Siles e o centroavante Samuel.

PRIMEIRO TEMPO
O primeiro tempo foi truncado e com poucas ações ofensivas. O Vitória teve dificuldades para furar a forte marcação adversária e só levou algum perigo em uma cobrança de falta. Já o Coritiba não forçou o ritmo e esperou espaços para atacar. Como as circunstâncias não foram favoráveis, só construiu duas boas jogadas ofensivas nessa primeira etapa. A melhor foi aos 33, com um chute de Robinho da meia-lua, após boa tabela com Igor Paixão.

SEGUNDO TEMPO
O segundo tempo começou equilibrado como antes, mas com mais ataques dos dois lados. O Coxa passou a levar a melhor na bola aérea e teve três boas chances de gol em cabeceios — aos 18, 22 e 27 minutos, em finalizações de Natanael, Léo Gamalho e Waguininho. Aos 19, vieram as primeiras trocas no Coritiba, com as entradas de Rafinha e Matheus Sales. No fim, aos 42, entraram Gustavo Bochecha e Gui Azevedo.

ESTATÍSTICAS
No total dos 90 minutos, o Coritiba teve 14 finalizações (3 certas), 50% de posse de bola, 83% de eficiência nos passes e 7 faltas cometidas. Já o Vitória somou 11 finalizações (2 certas), 50% de posse de bola, 83% de eficiência nos passes e 19 faltas cometidas. Os dados são do site Sofascore.

VITÓRIA 0x0 CORITIBA
Vitória: Lucas Arcanjo; Van (Raul Prata), Mateus Moraes, Wallace e Roberto; Cédric (João Pedro) e Fernando Neto; Marcinho, Bruno (Soares) e Caíque Souza (Mateusinho); Eron (Wesley). Técnico: Wagner Lopes
Coritiba: Wilson; Natanael, Henrique, Wellington Carvalho e Guilherme Biro; Willian Farias (Gustavo Bochecha) e Val (Matheus Sales); Waguininho (Gui Azevedo), Robinho (Rafinha) e Igor Paixão; Léo Gamalho. Técnico: Gustavo Morínigo
Cartões amarelos: Igor Paixão, Robinho, Willian Farias (C). Caíque Souza, Wallace, João Pedro (V)
Árbitro: Denis da Silva Ribeiro Serafim (AL)
Local: Barradão, às 19 horas

PRINCIPAIS LANCES
Primeiro tempo
9 - Falta frontal. Marcinho cobra perto do ângulo.
32 - Val chuta de longe. A bola vai ao lado.
33 - Robinho tabela com Igor Paixão, chuta da meia-lua e acerta no cantinho. O goleiro espalma.

Segundo tempo
3 - Fernando Neto tabela com Eron, dentro da área, e sai na cara do gol. Ele chuta e Wilson faz boa defesa
15 – Caíque Souza chuta da entrada da área. Wilson defende.
16 – Marcinho dá bom passe para Wesley, que chuta de fora da área. A bola vai sobre o gol.
17 – Robinho toca para Léo Ramalho, que chuta do bico da área. A bola passa perto, ao lado.
18 – Robinho bate escanteio. Val desvia e Léo Gamalho completa de cabeça. A bola passa perto.
22 – Igor Paixão cruza. Natanael cabeceia perto, ao lado.
27 – Henrique cruza. Waguininho cabeceia no cantinho. O goleiro faz grande defesa.