Publicidade
Série B

Coritiba encara o Sport para ficar ‘a dois passos do paraíso’

Jorginho: manutenção do time
Jorginho: manutenção do time (Foto: Divulgação)

Rodolfo Luis Kowalski

O Coritiba pode ter tido desempenho sofrível na última sexta-feira (1), contra o Botafogo-SP, em Ribeirão Preto. Só chutou três bolas a gol, levou sufoco e viu duas bolas dos paulistas pararem na trave. Mesmo assim, venceu por 1 a 0 e ganhou fôlego para as seis rodadas derradeiras da Série B. Hoje, às 20 horas, o time paranaense recebe o Sport, no Couto Pereira, e pode ficar “a dois passos do paraíso” em caso de vitória.

Atualmente com 52 pontos, o Coritiba precisa de mais três vitórias nas seis últimas rodadas para praticamente garantir o acesso. Com essa pontuação (61), qualquer equipe teria 99,1% de chance de acabar a Série B entre os quatro primeiros, segundo o site Probabilidades no Futebol, especializado em calcular prognósticos dos times na competição.

Atualmente, segundo o site, o Coxa é a terceira equipe com mas chances de subir de divisão, com 75,6%, à frente de Atlético-GO (50,1%) e América-MG (46,6%). Já os dois times na frente do Verdão são o Sport (56 pontos e 97,7% de chance de acesso) e o Bragantino (62 pontos), cujo acesso está acima dos 99% de possibilidade.

Para conseguir o triunfo, porém, os donos da casa terão que superar a ausência do meia-atacante Rafinha, lesionado e sem perspectiva de retorno ao time titular. Robson está com desgaste físico, segundo o técnico Jorginho, e deve ficar como opção no banco de reservas. O treinador tende a repetir a equipe que derrotou o Botafogo-SP na sexta-feira.

Outros números jogam a favor do Coritiba. O time está há sete jogos sem perder – são quatro vitórias (contra Guarani, Criciúma, São Bento e Botafogo-SP) e três empates (Vila Nova-GO, Operário-PR e Cuiabá). Além disso, é o segundo melhor mandante da Segundona, com aproveitamento de 68,75% dentro de seus domínios. O Sport, por outro lado, ocupa a segunda colocação com 56 pontos e é o terceiro melhor visitante, tendo conquistado 47,92% dos pontos disputados fora de casa.

Depois do duelo contra os pernambucanos, o Coritiba ainda fará até o fim da competição mais dois jogos em casa e três fora. Primeiro, encara Figueirense (8/11) e Brasil de Pelotas (12/11) no papel de visitante. No dia 15 e no dia 22, volta a ser o mandante nas partidas contra Oeste (15/11) e o Bragantino (22/11). A rodada derradeira será contra o Vitória, no Barradão, em 30/11.

Adversário

O Sport deve encarar o Coritiba repetindo a base do time titular que na última quinta-feira perdeu por 1 a 0 para o Guarani, em Campinas. A tendência é que a única novidade no onze inicial escalado pelo técnico Guto Ferreira seja o zagueiro Adryelson, que retoma a titularidade após ficar de fora do último jogo por conta de uma virose. Já o desfalque será o meia Pedro Carmona, que sofre com dores no joelho e foi poupado dos treinamentos na últma semana.

FICHA TÉCNICA

Coritiba: Alex Muralha; Diogo Mateus, Nathan Ribeiro, Sabino e William Matheus; Matheus Sales e Serginho; Thiago Lopes, Giovanni e Juan Alano; Rodrigão. Técnico: Jorginho
Sport: Luan Polli; Norberto, Rafael Thyere e Adryelson; Willian Farias, Charles e Leandrinho; Hyuri, Hernane Brocador e Guilherme. Técnico: Guto Ferreira
Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhães (RJ)
Local: Estádio Couto Pereira, em Curitiba, segunda-feira (4) às 20 horas

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES