Campeonato Paranaense

Coritiba escala reservas, sofre 1ª derrota da temporada e amarga jejum de dez anos

Operário 1x0 Coritiba
Operário 1x0 Coritiba (Foto: Divulgação/Coritiba)

O Coritiba perdeu por 1 a 0 para o Operário, nesse sábado (dia 3) à tarde, em Ponta Grossa, pela 5ª rodada do Campeonato Paranaense. Com o resultado, o time da capital ficou em 4º lugar, com 6 pontos em 3 jogos. O Cianorte e o FC Cascavel lideram, com 10 pontos em 4 jogos. O Operário está na 3ª colocação, com 7 pontos em 4 jogos. No final da primeira fase, os oito primeiros avançam às quartas de final.

O técnico Gustavo Morínigo decidiu poupar nove titulares na escalação inicial porque enfrenta o mesmo Operário já na terça-feira, mas no duelo pela segunda fase da Copa do Brasil. A partida será em Joinville, com mando de campo do Coritiba.

Clique aqui para ver as ATUAÇÕES — notas para os jogadores do Coritiba.

RESULTADO
Esse foi o 4º jogo do Coritiba na temporada 2021. Antes somou três vitórias: contra União-MT (Copa do Brasil), Maringá e Cascavel CR.

JEJUM
O Coritiba não vence o Operário em Ponta Grossa há dez anos. A última vitória ocorreu em 2011. Veja os últimos confrontos entre os dois clubes no Interior:
Operário 0x1 Coritiba — Paranaense 2011
Operário 2x2 Coritiba — Paranaense 2012
Operário 0x0 Coritiba — Paranaense 2013
Operário 2x0 Coritiba — Paranaense 2015
Operário 2x2 Coritiba — Paranaense 2019
Operário 1x1 Coritiba — Série B 2019
Operário 1x0 Coritiba — Paranaense 2021
Fonte: Historiadocoritiba.com.br

DESEMPENHO
O Coritiba teve péssimo desempenho. Quase não atacou e não foi sólido defensivamente. O time não chegou a criar chances de gol e pouco finalizou a gol. O Operário também não fez uma boa partida. Foi sólido defensivamente e organizado na construção das jogadas, mas pouco atacou. Além do gol, só levou perigo em outros três lances.

ESCALAÇÃO
As baixas eram o zagueiro Henrique Verdmut, o volante Jhony Douglas, o meia Mattheus Oliveira e o extremo/meia Rafinha, todos em recuperação. Morínigo decidiu escalar apenas dois titulares: os zagueiros Luciano Castán e Wellington Carvalho.

ESQUEMA TÁTICO
Morínigo manteve o 4-2-3-1 das últimas rodadas, dessa vez com Matheus Bueno e Matheus Sales como volantes. A linha de três tinha Valdeci (centro), Luiz Henrique (esquerda) e Tailson (direita). Pablo Thomaz era o centroavante. Já o Operário usou o 4-1-4-1, com Leandro Vilela (ex-Paraná Clube) como único volante.

PRIMEIRO TEMPO
Como já virou tradição nos confrontos em Ponta Grossa, o jogo foi com muita disputa física e bolas rebatidas, e poucas jogadas trabalhadas pelo centro do campo. O Operário conseguiu controlar a maior parte do primeiro tempo e teve uma grande chance, logo aos 4 minutos, em cobrança de falta de Jean Carlo, que colocou Bonfim na cara do gol. Ele chutou para fora. Além disso, o time do Interior incomodou em um lateral cobrado direto para a área e em um chute de fora da área. O Coxa só levou algum perigo em arremate de fora da área de Valdeci.

SEGUNDO TEMPO
Na volta do intervalo, o Operário retornou com Felipe Garcia e Schumacher no time. Aos 8, as primeiras substituições no Coritiba, com as saídas de Tailson e Valdeci, para as entradas do meia Robinho e do ponta Cerutti. Pouco adiantou. A partida seguiu 'brigada' e pouco jogada. O Operário fez 1 a 0 aos 17, em cruzamento de Alex Silva, falha de Arthur e cabeceio de Schumacher (ex-Athletico-PR). Aos 23, saiu o centroavante Pablo Thomaz e entrou o ponta Igor Paixão, que ficou centralizado no ataque. O esquema seguiu o mesmo. O cenário do jogo não mudou. Aos 35, Morínigo tirou Matheus Sales e colocou o atacante Waguininho. O meia Lucas Nathan, ex-Caldense, entrou também aos 35 para fazer sua estreia pelo Coxa.

Aos 41, Matheus Bueno deu um tapa em Leandro Vilela e acabou expulso. O Coritiba ficou com um jogador a menos.

OPERÁRIO 1x0 CORITIBA
Operário: Simão; Alex Silva (Fábio Alemão), Rafael Bonfim, Léo Rigo e Silva; Leandro Vilela; Jean Carlo (Leandrinho), Pedro Ken, Marcelo (Felipe Garcia) e Rafael Oller (Fabiano); Ricardo Bueno (Schumacher). Técnico: Matheus Costa
Coritiba: Arthur; Igor, Wellington Carvalho, Luciano Castán e Guilherme Biro (Lucas Nathan); Matheus Sales (Waguininho) e Matheus Bueno; Luiz Henrique, Valdeci (Robinho) e Tailson (Cerutti); Pablo Thomaz (Igor Paixão). Técnico: Gustavo Morínigo
Gol: Schumacher (17-2º)
Expulsão: Matheus Bueno (41-2º)
Cartões amarelos: Alex Silva, Leandro Vilela, Felipe Garcia (O) Luiz Henrique, Luciano Castán (C).
Local: Estádio Germano Krüger, em Ponta Grossa

PRINCIPAIS LANCES
Primeiro tempo
4 – Falta na esquerda. Jean Carlo cruza. Bonfim recebe na cara do gol, mas chuta para fora.
9 - Silva cobra o lateral direto para a área. Pedro Ken desvia de cabeça. A bola passa perto.
18 – Valdeci puxa contra-ataque e chuta de fora da área. A bola vai ao lado.
22 – Leandro Vilela chuta de fora da área. A bola vai sobre o gol.
39 – Igor cruza. Pablo Thomaz e Tailson não alcançam.

Segundo tempo
17 – Gol do Operário. Alex Silva cruza da direita. Arthur dá um tapinha, mas não desvia a trajetória da bola. Schumacher cabeceia na 2ª trave.
23 – Silva chuta forte, de fora da área. Arthur defende.