Mercado da bola

Coritiba já trouxe dois ‘reforços de aeroporto’ e vai buscar mais, diz Samir Namur

Samir Namur
Samir Namur (Foto: Arquivo Bem Paraná)

O presidente do Coritiba, Samir Namur, contou que já trouxe dois ‘reforços de aeroporto’ em 2020 e que pretende trazer mais jogadores desse nível para o Campeonato Brasileiro. A declaração foi em entrevista para o canal De Olho no Jogo, com os jornalistas Guilherme de Paula, Daniel Piva e André Frehse Ribas. “Na minha opinião, o Coritiba trouxe dois nomes com essas características: o Sassá e o Rhodolfo. O que faltou foi o torcedor ir buscar no aeroporto. Mas ninguém ficou brabo por isso”, disse. “Buscamos mais nomes nessa linha”, afirmou.

“Talvez tenho usado a expressão um pouco mal. Era uma entrevista bem descontraída, no fim do ano, para a rádio oficial do clube. A expressão gerou uma certa polêmica. Até no conselho recebi esse questionamento. O que quis dizer era que, independente do torcedor ir ao aeroporto, que buscávamos nome de peso, que tem patamar salarial alto, grande experiência na Série A e títulos no currículo”, argumentou.

Samir afirmou que pretende trazer mais reforços desse nível para o Brasileirão. “As discussões dentro do departamento de futebol são constantes.
Temos muito bem mapeadas as carências do elenco. E buscamos, sim, atletas para o início do Brasileirão. Preferencialmente atleta que venha com esse peso, para ser titular”, comentou.

Um dos nomes tentados foi o do ponta Wellington Nem, 28 anos, hoje no Shakhtar Donetsk, da Ucrânia. “Negociamos por várias vezes e cheguamos perto de um acerto”, declarou. No entanto, segundo Samir Namur, a paralisação dos campeonatos nacionais por conta do coronavírus acabou atrapalhando a negociação, entre outros fatores.

TV
Na entrevista, Samir explicou que o Coritiba segue sem contrato com a Globo para a transmissão do Brasileirão 2020. “Estávamos negociando com a Globo, mas a paralisação interrompeu a negociação”, disse.