Publicidade
Luto no futebol

Em nota, Coritiba lamenta falecimento do ex-presidente Sérgio Prosdócimo

Em nota, Coritiba lamenta falecimento do ex-presidente Sérgio Prosdócimo
Sérgio Prosdócimo (Foto: Divulgação/AEN/Julio Covello-SECS)

O ex-presidente do Coritiba e empresário Sérgio Prosdócimo, 76 anos, morreu nessa terça-feira (dia 22) em Curitiba. Ele era conselheiro nato do clube e foi presidente em 2000 e 2001. No período de 1995 a 1997, o Coxa foi comandado por um trio formado por Prosdócimo, Joel Malucelli e Edison Mauad.

Prosdócimo foi um dos maiores empresários do Estado e esteve à frente da fábrica de eletrodomésticos que tinha seu sobrenome.  Controlada por ele, o grupo Refripar chegou a ser a segunda fabricante brasileira da chamada “linha branca”, de eletrodomésticos como geladeiras, fogões e lavadoras de roupa.

A empresa foi criada em 1949 e ficou no comando da família Prosdócimo até 1996, quando foi comprada pela sueca Electrolux. Neste período, a Refripar era uma das maiores empresas do Paraná, e também uma das maiores empregadoras do Estado.

Em 1991, Prosdócimo foi sondado para suceder Jaime Lerner na prefeitura de Curitiba. 

 

Veja abaixo a nota oficial do Coritiba:

“O Coritiba Foot Ball Club lamenta com pesar o falecimento de Sérgio Prosdócimo, 76 anos, conselheiro nato, ex-presidente do clube no período entre 2000 e 2001, e que participou da gestão do Coxa juntamente com Edison Mauad e Joel Malucelli, entre 1995 e 1997.

Sérgio Prosdócimo esteve no estádio Couto Pereira no final do ano passado em uma reunião junto ao atual Conselho Administrativo, na qual foram tratados assuntos pertinentes ao Coritiba e sua gestão.

O velório ocorre no Cemitério Parque Iguaçu, a partir das 9h. O sepultamento será no mesmo local, às 17h.

A diretoria do Coritiba, em nome dos torcedores coxas-brancas, presta aqui sua homenagem a familiares e amigos, e agradece pelos anos de dedicação de Prosdócimo ao clube.”

DESTAQUES DOS EDITORES