Série B

Coritiba leva gol polêmico, é derrotado pela Ponte e perde série invicta

Ponte Preta 1x0 Coritiba
Ponte Preta 1x0 Coritiba (Foto: Divulgação/Coritiba)

O Coritiba perdeu por 1 a 0 para a Ponte Preta, nesse sábado (dia 31) à tarde, em Campinas, pela 20ª rodada da Série B. Com o resultado, o time paranaense ficou em 2º lugar, com 34 pontos. A equipe de Campinas está na 7ª colocação, com 30 pontos. Clique aqui para ver a classificação no site Srgoool.

A derrota interrompeu a série de dez jogos seguidos sem perder do Coxa. A Ponte, que vinha de três jogos sem vencer, estreou o técnico Gilson Kleina (ex-Paraná e Coritiba).

O técnico Umberto Louzer completou 27 jogos no Coritiba, agora com 13 vitórias, 9 empates e 5 derrotas.

ARBITRAGEM
O Coritiba reclamou de impedimento no gol da Ponte Preta, aos 29 do 1º. A imagem da TV mostra Roger um pouco adiantado, em impedimento, mas fica claro que é um lance muito difícil de ser detectado sem ajuda eletrônica. Na Central do Apito do Sportv, o ex-árbitro Paulo Cesar Oliveira afirmou que houve impedimento. "É difícil jogar contra 12. É o terceiro jogo seguido que a arbitragem complica", afirmou o ponta Wellissol, logo após a partida.

DESEMPENHO
O Coritiba não repetiu a boa atuação do empate contra o Vitória. Dessa vez, o time até mostrou bom futebol em alguns momentos, mas não teve a mesma intensidade física das últimas rodadas e cometeu mais erros técnicos. A Ponte mais lutou do que jogou. Fez um gol na bola parada e foi eficiente no setor defensivo.

ESCALAÇÃO
Os desfalques no Coritiba eram Rafael Lima e Walisson Maia, lesionados, além de Rafinha, suspenso por cartões amarelos. O esquema tático era o 4-1-4-1, com Matheus Sales como único volante. A linha de quatro tinha Alano e Giovanni centralizados, além de Thiago Lopes e Patrick Brey como extremos (pelos lados do campo).

A Ponte não tinha Guilherme Guedes, Tiago Marques e Mantuan. Gilson Kleina armou a equipe no 4-2-3-1.

PRIMEIRO TEMPO
A primeira etapa foi equilibrada. O Coritiba viveu bons momentos nas trocas de passes entre Giovanni, Brey e Alano, mas Rodrigão acabou se atrapalhando nos momentos decisivos. A Ponte não fazia partida com qualidade técnica, mas era forte fisicamente. O time paulista abriu o placar aos 29, em cobrança de falta de Diego Renan para cabeceio de Roger (ex-Athletico-PR). Depois do gol, a Ponte melhorou na partida e criou três boas jogadas ofensivas e esbarrou em duas boas defesas do goleiro Muralha.

SEGUNDO TEMPO
No intervalo, saiu Patrick Brey e entrou o ponta Wellissol. O esquema tático seguiu o mesmo 4-1-4-1 e o time continuou com a mesma dificuldade para jogar. Aos 16, saiu Thiago Lopes e entrou o ponta Nathan. O esquema foi mantido. O Coxa avançou e sufocou o adversário partir dos 20 minutos. Aos 25, Diogo Mateus cruzou e Rodrigão cabeceou a bola no travessão. Aos 31, o Coritiba partiu com tudo para o ataque, com a saída do lateral Diogo Mateus e a entrada do centroavante Igor Jesus. A defesa e o goleiro da Ponte foram dos destaques da partida nos minutos finais e garantiram a vitória. Aos 50, Romércio saiu lesionado e o Coxa ficou com um jogador a menos, pois o time já havia feito as três substituições. A partida acabou aos 53.

ESTATÍSTICAS
Nos 90 minutos, o Coritiba somou 11 finalizações (2 certas), 65% de posse de bola, 83% de acerto nos passes e 4 escanteios. A Ponte obteve 15 finalizações (5 certas), 35% de posse de bola, 71% de acerto nos passes e 4 escanteios. Os números são do site Sofascore.

PONTE PRETA 1x0 CORITIBA
Ponte Preta: Ivan; Arnaldo, Reginaldo, Renan Fonseca e Diego Renan; Edson e Tiago Real; Camilo, Rafael Longuine (Gerson Magrão) e Marquinhos (Dadá); Roger. Técnico: Gilson Kleina
Coritiba: Alex Muralha; Diogo Mateus (Igor Jesus), Romércio, Sabino e William Matheus; Matheus Sales e Juan Alano; Thiago Lopes (Nathan), Giovanni e Patrick Brey (Wellissol); Rodrigão. Técnico: Umberto Louzer
Gol: Roger (29-1º)
Cartões amarelos: Diogo Mateus, Rodrigão (C). Marquinhos, Roger, Tiago Real e Gilson Kleina (P).
Árbitro: Rodrigo Carvalhaes de Miranda (RJ)
Público: 3.690 pagantes
Local: Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas (SP)

PRINCIPAIS LANCES
Primeiro tempo
9 – Rodrigão cruza rasteiro. Giovanni ‘fura’ ao tentar o chute de primeira.
16 - Arnaldo cruza rasteiro. Roger tenta o chute, mas é travado por Romércio.
17 – Patrick Brey enfia. Rodrigão recebe na meia-lua, invade a área e acaba desarmado ao tentar o chute.
29 – Gol da Ponte Preta. Falta na esquerda. Diego Renan lança para a marca do pênalti. Roger desvia de cabeça, no cantinho.
35 – Diego Renan cruza na medida. Camilo cabeceia no ângulo. Alex Muralha faz grande defesa.
36 – Edson enfia. Longuine recebe na área e chuta cruzado. Muralha rebate.

Segundo tempo
9- Giovanni arrisca de longe. A bola vai ao lado do gol.
11- Giovanni vê o goleiro adiantado e, do círculo central, tenta o gol por cobertura. A bola passa perto, sobre o gol.
24 – Boa troca de passes do Coxa. Alano ajeita para Giovanni, que chuta sobre o gol.
25 – Diogo Mateus cruza da direita e Rodrigão cabeceia a bola no travessão.
32 – William Matheus invade a área e cruza rasteiro. A zaga tira na pequena área.
33 – Giovanni chuta de fora da área. O goleiro espalma no cantinho.
38 – Wellissol invade a área e cruza. Igor Jesus finaliza perto, ao lado.