Publicidade
Série B

Coritiba perde no Couto para o Atlético-GO e diz adeus à vice-liderança

Couto Pereira lotado. Manhã de Sol em Curitiba. Mas quem fez a festa foi o Atlético-GO. Em duelo disputado a partir das 11 horas deste domingo (08 de setembro), o Coritiba jogou mal e acabou derrotado por 2 a 1, num confronto direto na luta pelo acesso. Moacir e Rodrigo Rodrigues marcaram os gols da vitória da equipe visitante, um em cada tempo. Já na reta final da partida, Rafinha descontou, mas não evitou o pior: o time paranaense amarga um jejum de quatro jogos sem vitória (dois empates e duas derrotas).

Estacionado nos 34 pontos, o Coritiba perde duas posições ao final da 21ª rodada da Série B e cai da 2ª colocação para a 4ª, apenas dois pontos a frente dos rivais Operário e Paraná, 5º e 6º colocados, respectivamente. O novo vice-líder é justamente o Atético-GO, que chega aos 37 pontos e agora acumula seis jogos sem perder.

O Coxa volta a campo no próximo sábado (14 de setembro), quando encara no Estádio do Café o Londrina, em mais uma partida marcada para 11 horas. Já os goianos jogam na sexta-feira (13 de setembro), às 21h30, contra o líder da Série B, o Bragantino, dentro de casa.

Escalações

Umberto Louzer contou com dois ‘reforços’ para a partida: o zagueiro Wallisson Maia e o meia-tacante Rafinha. Com isso, Patrick Brey e Romércio ficaram no banco. Os desfalques, por outro lado, eram o zagueiro Rafael Lima e o ponta Robson, que seguem em recuperação.

No time goianiense, Wagner Lopes apostou no lateral-direito Reginaldo jogando como extremo. Ele substituiu Matheus, 26 anos.

O Jogo

Sem se deixar intimidar pela presença do torcedor coxa-branca, o Dragão surpreendeu e controlou o jogo desde o primeiro minuto, marcando forte no campo de defesa e apostando nas transições em velocidade para levar perigo. E levou.

Logo aos quatro minutos, um bom contra-ataque do Atlético-GO terminou com cruzamento de Jorginho para Moacir, ex-jogador do Paraná e do próprio Coxa. O volante chutou da entrada da área e não pegou bem. Alex Muralha já se posicionava para fazer a defesa, mas no meio do caminho Sabino desviou e matou o goleiro, com a bola morrendo no fundo da rede: 1 a 0 para os visitantes.

Num lance em certa medida parecido, o Coxa quase empatou aos 11 minutos: Rodrigão chutou de dentro da área, a bola desviou em Gilvan e bateu na trave. O artilheiro ainda teve outra chance aos 40, mas parou em Kozlinski. Aos 15, foi o Dragão quem quase marcou, com Gilvan (de novo ele) acertando uma bomba no travessão.

Na volta para a segunda etapa, a primeira mudança no time da casa: entrou Patrick Brey, saiu Wallisson Maia. E em sua primeira jogada o ponta-esquerda quase empatou o jogo – parou no goleiro rival.

Com Matheus Sales passando a atuar como zagueiro, o time paranaense passou a ter mais qualidade na saída de bola e passou a ficar mais tempo com a posse. O empate poderia ter saído aos 16 minutos, mas a arbitragem errou e feio: Wiliam Matheus foi derrubado dentro da área por Jonathan, mas o juiz não assinalou o pênalti.

As últimas substituições no Coritiba vieram aos 17 e aos 26 minutos, com Nathan e Wellissol substituindo Juan Alano e Giovanni, respectivamente.

No Dragão, Rodrigo Rodrigues entrou no lugar de Pedro Raul aos 23. E no seu primeito toque da bola, aos 28, o atacante aproveitou o rebote de Alex Muralha e marcou o segundo gol dos visitantes: 0 a 2.

O Coritiba ainda descontou aos 35 minutos, com Rafinha aproveitando a sobra após a dividida de Nathan com o goleiro do Atlético-GO. Mas nos minutos finais Matheus Sales acabou expulso após falta dura em André Castro e matou qualquer chance de reação do time da casa.

FICHA TÉCNICA

CORITIBA 1 x 2 ATLÉTICO-GO

Coritiba: Alex Muralha; Diogo Mateus, Walisson Maia (Patrick Brey), Sabino e William Matheus; Matheus Sales; Juan Alano (Nathan), Thiago Lopes, Rafinha e Giovanni (Wellissol); Rodrigão. Técnico: Umberto Louzer
Atlético-GO: Kozlinski; Jonathan, Oliveira, Gilvan e Nicolas; André Castro e Moacir; Reginaldo (André Luís), Jorginho (Nathan) e Mike; Pedro Raul (Rodrigo Rodrigues). Técnico: Wagner Lopes
Gols: Moacir (4-1º), Rodrigo Rodrigues (28-2º) e Rafinha (35-2º)
Cartões amarelos: Jonathan, Nicolas, Kozlinski (A); Rodrigão, Sabino (C)
Cartão vermelho: Matheus Sales (C)
Árbitro: Christiano Gayo Nascimento (DF)
Público: 16.787 pagantes (17.887 total)
Renda: R$ 379.583,50
Local: Couto Pereira, domingo às 11 horas

PRINCIPAIS LANCES

Primeiro tempo

4 – Gol do Atlético-GO! Contra-ataque goiano. Jorginho recebe na esquerda e cruza para Moacir na entrada da área. O volante chuta, a bola desvia no pé de Sabino e mata o goleiro Alex Muralha.

10 – Jorginho passa para Reginaldo, que cruza para Pedro Raul. O atacante cabeceia com perigo, ao lado do gol.

11 - Zaga do Atlético-GO tenta cortar o lançamento, mas cabeceia a bola para trás. Rodrigão aproveita, domina dentro da área e chuta. A bola desvia em Gilvan e bate na trave.

14 – Reginaldo desce pela direita e cruza rasteiro, na primeira trave. Mike aparece para chutar na pequena área, mas William Matheus trava na hora H. Escanteio.

15 – Depois da cobrança de escanteio, bola sobra para Gilvan dentro da área. O zagueiro chuta muito forte, Muralha não alcança, mas a bola explode no travessão e cai fora do gol.

40 – Thiago Lopes recebe na esquerda e rola para Giovanni chegar batendo. A bola passa por cima do gol, com perigo.

41 – Diogo Mateus dá ótima enfiada de bola para Thiago Lopes. O meia invade a área e, cara a cara com o goleiro, rola para trás. Oliveira corta e salva os visitantes.

47 – Linda enfiada de bola de Giovanni para Rodrigão. Na cara do gol, o atacante chuta e Kozlinski faz grande defesa. O artilheiro ainda tenta com um chute de três dedos no rebote, mas manda para fora.

Segundo tempo

1 – Patrick Brey chuta forte, bem colocado da entrada da área. Kozlinski se estica todo e salva o Atlético-GO.

16 – William Matheus recebe cruzamento dentro da área e tenta dominar com o peito. Jonathan desloca o jogador do Coxa, que cai pedindo pênalti. Juiz manda seguir o jogo.

28 – Gol do Atlético-GO! Cruzamento de Reginaldo e cabeceio de Jorginho. Alex Muralha defende, mas no rebote Rodrigo Rodrigues aparece para conferir.

35 – Gol do Coritiba! Lançamento de Rodrigão para Nathan. O prata-da-casa divide com Kozlinski e a sobra fica com Rafinha, que aproveita para descontar.



Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES