Publicidade
Técnicos

Coritiba pode ter ex-volante Mozart como treinador e ex-meia Alex como auxiliar

Mozart: auxiliar no Coritiba
Mozart: auxiliar no Coritiba (Foto: Divulgação / Coritiba)

Depois que mão renovou contrato como técnico Jorginho, e que não acertou com nenhum dos outros nomes cotados, o Coritiba pode ter uma solução caseira e alternativa para comandar a equipe em 2020. Trata-se do ex-volante Mozart, que teria o ex-meia Alex como auxiliar. A informação é da Rádio Coxa.

Mozart comandou o time de aspirantes do Coritiba e equipes de categorias de base. Atualmente é integrante da comissão técnica do clube. Alex, por sua vez, não tem cargos dentro do clube, mas está se preparando para se tornar treinador – que é o seu projeto para o futuro. Ele já tirou a licença B da CBF e estuda para tirar a Licença Pro.

Dois fatores pesam a fator da dupla: a identificação com o clube e o salário, que seria mais baixo que o valor pago normalmente a um treinador estabelecido. Tanto Mozart quanto Alex iniciaram a carreira de jogador no próprio Coritiba e ali ganharam projeção. A ideia de tê-los no comando da equipe partiu do departamento de futebol, mas divide o conselho administrativo do Coritiba.

Após ter descartado Jorginho, o Coritiba ficou sem opção para treinador. Odair Hellmann, que chegou a ser cotado, assinou com o Fluminense. Eduardo Barroca (ex-Atlético-GO) e Enderson Moreira (Ceará) estavam na berlinda. Outros nomes citados foram Claudinei Oliveira (ex-Paraná Clube) e Jair Ventura (ex-Botafogo). Dois técnicos que deixaram seus clubes após o fim do Brasileirão, Zé Ricardo (ex-Inter) e Vagner Mancini (ex-Atlético-MG) viraram opções.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES