Publicidade
No Couto Pereira

Coritiba recebe o visitante mais perigoso da Série B 2019

Giovanni: provável titular contra o Botafogo
Giovanni: provável titular contra o Botafogo (Foto: Divulgação/Coritiba)

O Coritiba recebe nesta segunda-feira (dia 29) às 20 horas, no Couto Pereira, o Botafogo de Ribeirão Preto (SP), pela 13ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. O time paranaense venceu as duas últimas partidas em casa – contra Vila Nova e São Bento – e empatou em Ponta Grossa na última sexta-feira – 1 a 1 com o Operário. Está há três jogos sem perder, mas ainda não conseguiu conquistar a confiança da torcida.

O jogo desta segunda-feira é mais uma chance para o técnico Umberto Louzer provar que o Coritiba pode ter um desempenho digno de G4. E o adversário é um dos mais complicados da competição. O Botafogo é o melhor visitante da Série B, com quatro vitórias, um empate e uma derrota fora de casa. A única derrota foi para o Figueirense.

A campanha como visitante do Botafogo é idêntica à do Coritiba como mandante. Ou seja, o Coxa somou no Couto Pereira quatro vitórias, um empate e uma derrota.

Na classificação, o jogo desta segunda-feira é um confronto direto. O Coritiba tem 19 pontos e está na 9ª colocação. O Botafogo soma 20 pontos e aparece em 5º lugar.

ADVERSÁRIO
O Botafogo não terá o volante Marlon Freitas (24 anos, ex-Fluminense), suspenso. Ele é o melhor jogador da equipe paulista na Série B 2019, segundo ranking do Sofascore. Os artilheiros são os atacantes Henan (32 anos, ex-Figueirense) e Rafael Costa (31 anos, ex-Ceará), ambos com quatro gols. Um dos nomes conhecidos é o meia Nadson, 30 anos, ex-Paraná Clube.

ESCALAÇÃO
O Coritiba pode ter novidades na escalação para enfrentar o Botafogo. O meia Giovanni começou no banco e entrou no segundo tempo nas três últimas partidas. A justificativa do técnico Umberto Louzer para o jogador iniciar como suplente era a falta de condicionamento físico. Agora, é possível que ganhe o lugar de Thiago Lopes ou Luiz Henrique no meio-campo.

O meia-atacante Rafinha e o goleiro Wilson seguem em recuperação no departamento médico e não enfrentam o Botafogo. Patrick Brey está na fase final de tratamento e segue como dúvida para a partida.

Louzer afirmou que pode fazer outras modificações devido ao desgaste físico. “Falar de uma escalação é prematuro. Vamos conversar sobre os atletas que estão se recuperando e respeitar o tempo de recuperação. Nesse jogo de segunda teremos certa dificuldade na manutenção do grupo, mas vamos respeitar os setores de fisiologia e preparação para pode montar um Coritiba forte em campo”, avisou o treinador, em entrevista coletiva, na última sexta-feira.

O técnico vem usando o esquema tático 4-1-4-1, com Matheus Sales como único volante. Luiz Henrique e Thiago Lopes jogaram mais centralizados na linha de quatro nos últimos jogos, enquanto Robson e Juan Alano se alternaram nas pontas.

CORITIBA x BOTAFOGO
Coritiba: Alex Muralha; Felipe Mattioni (Sávio), Walisson Maia, Sabino e William Matheus (Fabiano); Matheus Sales (Vitor Carvalho); Juan Alano, Luiz Henrique (Giovanni), Thiago Lopes (Giovanni) e Robson (Igor Paixão); Rodrigão. Técnico: Umberto Louzer
Botafogo: Darley; Lucas Mendes, Naylhor, Didi e Pará; Higor Meritão e Pablo; Murilo, Nadson e Felipe Saraiva; Henan. Técnico: Roberto Cavalo
Árbitro: Luiz César de Oliveira Magalhães (CE)
Local: Couto Pereira, segunda-feira às 20 horas

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES