Publicidade
Pífio

Coritiba regride e sofre para empatar com o lanterna da Série B

Coritiba enfrenta o América
Coritiba enfrenta o América (Foto: Divulgação/Coritiba)

O Coritiba empatou em 1 a 1 com o América-MG, nesta segunda-feira (3) à noite, em Belo Horizonte, pela 6ª rodada da Série B. Com o resultado, o time paranaense ficou em 6º lugar, com 9 pontos. A equipe mineira está na 20ª colocação, com 2 pontos. Clique aqui para ver a classificação no site Srgoool.

Em relação ao desempenho em campo, o Coritiba regrediu. Demonstrou péssimo futebol no primeiro tempo, com fragilidade defensiva, monotonia no meio-campo e ataque inexistente. Reagiu no segundo tempo e criou dificuldades para o América, lanterna da Série B. Mesmo assim, o futebol desse jogo e das últimas rodadas fica bem abaixo de um time que tem a maior folha salarial da competição.

O técnico Umberto Louzer fez o Coritiba evoluir nos seus primeiros jogos, lá em março. No entanto, o calendário folgado, com semanas livres para treinamentos, não se converteu em qualidade dentro de campo. Nem a chegada do ponta Rafinha ajudou o treinador na esperada evolução da equipe.

DESABAFO
Após o apito final, o goleiro Wilson demonstrou irritação com a postura do time no primeiro tempo. “A gente fala, orienta, mas deixa para correr depois que toma o gol”, declarou, em entrevista para a rádio Transamérica.

CRISE
O América-MG vinha de seis derrotas e um empate nos últimos sete jogos. O time mineiro também havia sofrido derrotas nas três últimas partidas como mandante. Os fracos resultados provocaram protestos de torcedores no CT do clube, no último sábado.

ARTILHEIRO
O centroavante Rodrigão marcou mais um e é o artilheiro isolado da Série B, com seis gols em seis jogos. No total do ano, ele tem 14 em 15 partidas.

TÉCNICO
Esse foi o 13º jogo do técnico Umberto Louzer no Coritiba, agora com 6 vitórias, 5 empates e 2 derrotas.

ESCALAÇÃO
A única mudança no time do Coritiba foi a entrada do volante Matheus Sales no lugar de Vitor Carvalho. Nas demais posições, a mesma equipe da última rodada. O esquema tático era o 4-2-3-1 de sempre, com Rafinha (esquerda), Patrick Brey (direita) e Giovanni (centro).

PRIMEIRO TEMPO
O América teve facilidade para dominar o jogo e empurrar o Coxa para o campo de defesa. Os dois times começaram abusando dos erros em todos os fundamentos. O time paranaense só construiu uma boa jogada na primeira etapa. Foi aos 5 minutos, com Rafinha e Rodrigão acionando Patrick Brey, que chutou para fora. Já o América marcou o gol, chutou uma bola na trave e teve outras três boas jogadas ofensivas. O gol saiu aos 43, em jogada de Leandro Silva e Neto Berola (ambos ex-Coritiba) para a finalização de Felipe Azevedo.

SEGUNDO TEMPO
No intervalo, Louzer tirou o lateral-esquerdo William Matheus e o volante João Vitor. E colocou o meia Juan Alano e o ponta Welinton Junior. Com isso, Patrick Brey recuou e ficou na lateral-esquerda. O América recuou e o Coxa passou a ter o 'domínio territorial' do jogo. No entanto, o time paranaense demorou para conseguir transformar esse domínio em chances. Giovanni apelou para um chute de fora da área e acertou a trave, aos 14 minutos. O empate veio aos 19, em cobrança de escanteio. Alano cobrou e Rodrigão cabeceou no canto: 1 a 1. Depois do gol, o América tentou avançar e o jogo ficou aberto, com jogadas ofensivas dos dois lados. Wilson defendeu a melhor finalização do time mineiro e Welinton Junior desperdiçou as duas melhores chances do Coxa. Uma delas foi aos 45 minutos, com um chute bizarro.

ESTATÍSTICAS
Nos 90 minutos, o Coritiba teve 50% de posse de bola, 13 finalizações (1 certa e 1 na trave), 83% de precisão nos passes e 7 escanteios. O América-MG somou 15 arremates (3 certos e 1 na trave), 81% nos passes e 4 escanteios. Os dados são do Sofascore.

AMÉRICA 1x1 CORITIBA
América: Thiago; Leandro Silva, Paulão, Ricardo Silva e João Paulo; Luiz Fernando e Juninho (Matheusinho); Willian Maranhão (Christian), Felipe Azevedo e Neto Berola (Rafael Bilu); Jonatas Belusso. Técnico: Maurício Barbieri
Coritiba: Wilson; Diogo Mateus, Alan Costa, Romércio e William Matheus (Welinton Junior); João Vitor (Juan Alano) e Matheus Sales; Patrick Brey, Giovanni (Luiz Henrique) e Rafinha; Rodrigão. Técnico: Umberto Louzer
Gols: Felipe Azevedo (43-1º) e Rodrigão (19-2º)
Cartões amarelos: João Vitor, Matheus Sales, Giovanni (C). Christian, Luiz Fernando (A).
Árbitro: Alexandre Vargas Tavares de Jesus (RJ)
Local: Estádio Independência

PRINCIPAIS LANCES
Primeiro tempo
1 – Neto Berola dispara na direita, passa por dois e cruza rasteiro. Na cara do gol, Juninho chute sobre o gol e perde gol feito.
5 – Rafinha intecepta no ataque e aciona Rodrigão, que ajeita para Brey. Ele chuta e a bola vai ao lado, perto.
25 – Wilson erra feio na saída de bola. Felipe Azevedo intecepta e aciona Neto Berola, que chuta de fora da área. A bola vai ao lado.
42 – Felipe Azevedo recebe na área e chuta na trave.
43 – Gol do América. Leandro Silva toca para Neto Berola, que rola para Felipe Azevedo, na meia-lua. Ele chuta e acerta no cantinho.
45 – William Matheus cruza. Rodrigão cabeceia sobre o gol.

Segundo tempo
14 – Giovanni arrisca de fora da área. A bola explode na trave.
19 – Gol do Coritiba. Alano cobra escanteio. Rodrigão sobe mais que a zaga e cabeceia no canto.
30 – Felipe Azevedo chuta de fora da área. Wilson espalma no ângulo.
34 – Contra-ataque. Giovanni lança. Welinton Junior ganha na velocidade, invade a área e chuta perto, ao lado do gol.
44 – Boa troca de passes do América, que termina com chute de fora da área de Felipe Azevedo. A bola passa perto, ao lado.
45 – Rafinha chuta de fora da área. A bola passa perto, ao lado.
47 – Contra-ataque. Quatro contra dois. Patrick Brey para Alano para Welinton Junior, que fica na cara do gol. Ele chuta para longe e perde chance incrível.

DESTAQUES DOS EDITORES