Série B

Coritiba tem mais de 90% de chance de subir, apesar dos tropeços recentes

Gustavo Morínigo, técnico do Coritiba
Gustavo Morínigo, técnico do Coritiba (Foto: Divulgação / Coritiba)

Apesar dos tropeços recentes, o Coritiba tem 93,7% de chance de subir para a primeira divisão. E tem 43,5% de chance de ser campeão da Série B. Os números são do departamento de Matemática da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), que mantém um projeto de cálculos de possibilidades em competições como o Brasileirão e a Série B.

Faltam 9 rodadas para o fim da competição. O Coritiba está na frente, com 54 pontos. Mas, pela primeira vez em várias rodadas, o time paranaense corre risco de perder a liderança. Nesta terça-feira (12), o Botafogo (vice-líder, com 51 pontos) duela com o Cruzeiro, em Minas Gerais. Se o time carioca vencer, iguala a pontuação dos coxas-brancas, mas fica à frente pelo número de vitórias. No próximo sábado (16), às 16h30, o Coxa enfrenta o Vasco, no Rio de Janeiro.

Apesar de ser o líder, o Coritiba não vive um bom momento. Nos últimos três jogos, o time somou apenas 2 pontos: empatou com o Confiança (1 a 1) em casa, empatou com o Remo (0 a 0) fora de casa e perdeu para o Cruzeiro (3 a 0), em casa.

“Não podemos nos desesperar e achar que está tudo errado”, afirmou o técnico coxa-branca, Gustavo Morinigo, sobre a má fase e o revés para o Cruzeiro. Perguntado sobre os motivos da queda de desempenho nas últimas rodadas, ele disparou: “Houve queda de efetividade, não de rendimento”.

Rebaixamento

Com 54 pontos, o Coritiba não corre o menor risco de rebaixamento à Série C. Mas essa possibilidade assombra os outros dois times paranaenses na Série B, o Operário e o Londrina.

O time de Ponta Grossa teve uma queda brusca de rendimento. Acumula nove jogos sem vitórias, com dois empates e sete derrotas no período. Além disso, o time perdeu os últimos cinco jogos, o que levou a diretoria a demitir o técnico Matheus Costa. Mesmo assim, desde então foram mais duas derrotas. O time tem 34 pontos e a chance de cair é de 22,8% no atual momento.

O Londrina, por sua vez, sempre esteve flertando com a zona de degola. Atualmente, a equipe está em 17º lugar, com 30 pontos. A chance de cair é de 50,8%. Para piorar, o time ainda divide atenções com o Campeonato Paranaense. Nesta quarta-feira (13), fará o segundo jogo da final, contra o FC Cascavel, em Cascavel.

Para completar, Operário e Londrina duelam neste sábado (16), às 16h30, no estádio Germano Krüger, em Ponta Grossa.

Chances de acesso à Série A

N

Times

Pontos

Chance de acesso (%)

1

Coritiba

54

93,7%

2

Botafogo

51

86,1%

3

Avaí

50

77,7%

4

Goiás

48

46,1%

5

CRB

48

43,5%

6

CSA

45

25,7%

7

Guarani

45

14,4%

8

Vasco da Gama

43

8,1%

9

Náutico

41

2,4%

10

Sampaio Corrêa

40

1,3%

11

Remo

38

0,44%

12

Cruzeiro

38

0,34%

13

Vila Nova-GO

37

0,29%

14

Operário

34

0,011%

15

Ponte Preta

34

0,027%

16

Brusque

32

0,002%

17

Londrina

30

0%

18

Vitória

26

0%

19

Confiança

25

0%

20

Brasil de Pelotas

19

0%

Fonte: departamento de Matemática da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG)