Brasileirão

Coritiba tem um desfalque, mas pode estrear reforço no próximo jogo

Hernán Pérez treina no Coritiba: pronto para estrear
Hernán Pérez treina no Coritiba: pronto para estrear (Foto: Divulgação/Coritiba)

O Coritiba volta a campo na próxima segunda-feira às 20 horas, quando recebe o Santos no Couto Pereira, pela 21ª rodada do Campeonato Brasileiro. O técnico Gustavo Morínigo não vai contar com o lateral-esquerdo Egídio, que foi expulso na derrota para o Goiás e agora cumpre suspensão automática.

A vaga de Egídio deve ficar com Guilherme Biro.

A novidade pode ser a estreia do ponta paraguaio Hernán Pérez, 33 anos, contratado na semana passada. Ele teve o contrato registrado no BID da CBF e agora está liberado para o jogar. A tendência é que comece no banco de reservas. Ele não atua desde novembro, quando estava no futebol do Catar.

Outros cinco jogadores seguem como dúvidas: o goleiro Gabriel (recém-contratado), o lateral-esquerdo Diego Porfírio, o lateral/ponta Warley, o meia Robinho e o ponta Fabrício Daniel. Eles não viajaram para a partida em Goiânia porque estavam em recuperação. Ainda não há informações se algum deles estará recuperado para a partida de segunda-feira.

O técnico Gustavo Morínigo terá o retorno do meia Thonny Anderson. Ele cumpre um jogo de suspensão no último fim de semana e teria que cumprir mais um, porém poderá jogar agora devido a um efeito suspensivo.

No último jogo, o treinador usou o 5-4-1 para defender e o 3-4-3 para atacar. Dessa vez, contra o Santos, a tendência é que retorne ao seu tradicional 4-2-3-1.

A provável escalação para segunda-feira é Alex Muralha; Matheus Alexandre, Henrique, Luciano Castán e Guilherme Biro; Willian Farias e Bruno Gomes; Alef Manga, Régis e Igor Paixão; Adrián Martínez.