Brasileirão

Coritiba vê volante paraguaio com a missão de substituir Andrey, lesionado

Galarza, do Coritiba, contra o Athletico
Galarza, do Coritiba, contra o Athletico (Foto: Robson Mafra)

Desde que o volante Andrey se machucou, o Coritiba vem buscando dentro do elenco um substituto para ele. Val, Biel e Bernardo tiveram chances. Agora, a aposta é no volante paraguaio Galarza, que veio do Vasco por empréstimo em abril e levou dois meses até ganhar uma chance.

A missão é ingrata. Andrey se firmou com um dos principais jogadores do Coritiba na temporada. No Brasileirão, o volante fez 3 gols – nas vitórias sobre Goiás (3 a 0), Fluminense (3 a 2) e América-MG (1 a 0). Com ele, o time somou 50% dos pontos em seis partidas disputadas. Sem Andrey, houve apenas uma vitória, três empates e três derrotas (28%).

Nos números, Andrey também tinha peso dentro do Coritiba. No Brasileirão, ele era o segundo jogador do time com mais desarmes (2,7 por jogo), o terceiro melhor passador (40,5 passes certos por partida, em média), o segundo em finalizações (2,8 por jogo) e o primeiro em chutes certos a gol (1,3 por jogo). Os números são do site Sofascore, especializado em estatísticas de competições como o Brasileirão.

Andrey ficou de fora do time porque sofreu ruptura de ligamento cruzado anterior no joelho, na partida contra o Atlético-GO. Ele passou por cirurgia e não deverá mais jogar neste Brasileirão.

Desde então, o técnico Gustavo Morínigo testou Val, Biel e Bernardo na posição que era de Andrey. Agora a vez é de Galarza, titular nas duas últimas partidas. “Estou feliz por ter a oportunidade, estava esperando o meu momento. Tudo se vê como um processo. Cheguei há quase dois meses e sempre respeitei o espaço de cada jogador”, falou ele, em entrevista coletiva nesta quarta-feira (22).

O paraguaio afirma que pode jogar como primeiro volante, mas diz que prefere jogar mais adiantado. “Eu prefiro jogar como segundo volante. Roubar a bola, ir para frente, chegar à área e fazer gols”, afirmou ele.

Nos desarmes, Galarza tem o mesmo número de Andrey (2,7 por jogo) e dentro do elenco é superado apenas por Biel (3,0 por partidas). O paraguaio também é um bom passador de bola – soma 29 por partida, o 6º melhor índice no elenco. Mas finaliza pouco (só duas vezes em duas partidas até agora) e ainda não acertou nenhuma bola no gol.

O time

Para esta sexta-feira (24), contra o Internacional, Galarza deverá ser o titular no meio-de-campo, ao lado de Willian Farias. Os desfalques confirmados são o lateral Diego Porfírio e o atacante Warley, expulsos no clássico contra o Athletico, no domingo (19), e também o atacante Adrian Martínez, que levou o terceiro cartão amarelo. O meia Thonny Anderson, que saiu machucado no Atletiba, treinou nesta quarta-feira (22) e deve jogar. A lesão de Martinez abre espaço para Leo Gamalho retornar ao time titular. Na lateral-esquerda, a tendência é que Guilherme Biro seja escalado.

No gol, Rafael Willian tende a ser mantido. Alex Muralha foi afastado por decisão da comissão técnica e da diretoria, após ter falhado na última semana, na derrota de 4 a 2 para o Bragantino. Ele nem foi relacionado para o clássico.