Paranaense 2011

Coritiba vence o Roma e encaminha título estadual antecipado

O Coritiba goleou o Roma por 4 a 1, na tarde de ontem, em Apucarana, e ficou perto do título estadual por antecipação. Com esse triunfo, foi a 27 pontos e agora depende apenas de um empate nas duas próximas rodadas para sagrar-se campeão do returno do Campeonato Paranaense. Como havia faturado o primeiro turno, o time do técnico Marcelo Oliveira conquista o Estadual por antecipação se vencer também o returno.

Na próxima rodada, no domingo de Páscoa, o Coritiba enfrenta o Atlético, que tem 22 pontos e é o único time que ainda pode atrapalhar a conquista do returno. O jogo será na Baixada. Empate ou vitória no clássico daria o título do returno – e, por consequencia, o do Campeonato – aos coxas-brancas. Se o Furacão triunfar no Atletiba, ficaria a apenas dois pontos do rival, faltando uma rodada para o fim do returno. Mas, aí, se o Coritiba ao menos empatar com o Cianorte, na última rodada, só perderia o título se o Atlético derrotasse o Rio Branco, em Paranaguá, e ainda tirasse uma diferença de 13 gols no saldo.

Com o triunfo em Apucarana, o Coritiba passou a somar 20 vitórias seguidas, sendo 15 no Estadual – um recorde na história da competição – e mais cinco na Copa do Brasil. Para o Atletiba de domingo, o time poderá ter a volta do volante Leandro Donizete, que ontem cumpriu suspensão.

Jogo – Pouco antes de começar a partida, o Coritiba teve um desfalque de última hora: o meia Davi, artilheiro do Estadual, com 12 gols. Ele sentiu uma lesão no vestiário, durante o aquecimento. Acontece com todas as equipes, conosco também, lamentou o técnico Marcelo Oliveira. Agora, tem que valorizar o Everton (Ribeiro), que vai entrar e tem mais ou menos a mesma característica.

Seja como for, coube a Everton Ribeiro a abertura do placar, logo a 2 minutos. Nos três minutos seguintes, o time teve duas grandes chance de ampliar, mas  o goleiro salvou um gol em chute de Rafinha e Bill errou uma bola na pequena área.

Depois disso, o Coritiba resolveu diminuir o ritmo do jogo. E se deu mal. Aos 12 minutos, o Roma fez uma boa tabela pelo lado esquerdo da defesa coxa-branca e Cassiano empatou. O lance evidenciou uma certa fragilidade na marcação por aquele lado. E o Roma aproveitou e criou outras chances, mas sem aproveitá-las.

Na etapa final, o Coritiba melhorou a marcação. E consegui dois gols a partir de falhas do goleiro. Aos 6 minutos, Léo Gago cobrou falta, Rudy deu rebote e Bill – que havia perdido um gol inacreditável, um minuto antes – mandou para dentro. Aos 14, Rafinha cobrou escanteio e o goleiro saiu mal pelo alto. Emerson subiu mais que ele e marcou 3 a 1.
Depois dos dois gols, o técnico Marcelo Oliveira trocou o meia Rafinha — que tinha dois cartões amarelos acumulados e, portanto, estava pendurado, — pelo zagueiro Jéci, aos 20 minutos. A partir daí, o Coritiba ficou armado no 3-5-2. Aos 30, Oliveira trocou Everton Ribeiro por Geraldo.

Os últimos minutos foram movimentados. Aos 40, Jéci errou um passe na defesa e o Roma quase diminuiu. E, em seguida, o defensor coxa-branca sentiu uma lesão, saiu de campo e deixou o Coritiba com 10 jogadores. Aos 44, Geraldo fez boa jogada e deu a bola para Marcos Aurélio fazer 4 a 1. Aos 46, o Roma teve um pênalti a seu favor, mas Warley chuotu na trave. E, aos 48, Cipó mandou a bola para as redes, mas o árbitro marcou impedimento.

Em Apucarana

Roma
Rudy; Cassiano (Daniel Marques), Luiz Paulo, Juninho e Rogerinho; Eurico, Doriva, Alex e Lira (Cipó); Neno (Danielzinho) e Warley. Técnico: Richard Malka

Coritiba
Edson Bastos; Jonas, Pereira, Émerson e Lucas Mendes; William, Léo Gago, Rafinha (Jéci), Marcos Aurélio e Everton Ribeiro (Geraldo); Bill (Leonardo). Técnico: Marcelo Oliveira

Gols: Everton Ribeiro (2-1º), Cassiano (12-1º), Bill (6-2º), Emerson (14-2º), Marcos Aurélio (44-2º)
Cartões amarelos: Lucas Mendes, Cassiano, Pereira
Árbitro: Heber Roberto Lopes
Renda: R$ 43.585
Público: 2.622 (total)
Local: Estádio Bom Jesus da Lapa, em Apucarana, ontem


Principais lances de Roma x Coritiba

Primeiro tempo

2 – Gol do Coritiba. Eurico erra passe perto da área. Rafinha intercepta a bola e rola para Everton Ribeiro, na área, tocar na saída do goleiro
5 – Bill toma a bola na lateral e serve Rafinha, que bate a gol. Rudy salva
5 – Após escanteio. Emerson escora e Bill, livre, de frente para o gol, erra a bola
12 – Gol do Roma. Eurico rola para a área. Warley recebe e serve Cassiano, que entra nas costas de Lucas Mendes e bate à esquerda de Edson Bastos
23 – Após bola alta na área, Eurico chuta a gol. Luiz Paulo, na pequena área, tenta desviar a bola e erra
28 – Rafinha serve Marcos Aurélio na meia-lua. Ele dribla Alex e bate à direita
41 – Léo Gago faz jogada pela direita e cruza. Na pequena área, livre, sem goleiro, Bill manda por cima do gol
42 – Lira cobra falta para a área. Juninho cabeceia com perigo, mas para fora
Segundo tempo
5 – Willian rola para Bill, na pequena área. A dois metros do gol, o atacante chuta fraco. Juninho estica a perna e desvia a bola para o travessão, salvando o gol
6 – Gol do Coritiba. Léo Gago bate falta. Rudy dá rebote e Bill finaliza. A bola desvia em um zagueiro e entra à esquerda do goleiro
14 – Gol do Coritiba. Rafinha cobra escanteio. Na pequena área, Emerson sobe mais que o goleiro e marca
26 – O Roma sai errado. Léo Gago fica com a bola e bate a gol. Rudy defende
40 – Jéci erra passe no meio. A bola cai com Cipó, que avança e bate para fora
44 – Gol do Coritiba. Geraldo puxa jogada pela esquerda. Marcos Aurélio recebe na área, dribla Luiz Paulo e bate por baixo do goleiro
46 – Pereira derruba Warley na área. O árbitro marca pênalti. Warley cobra com força e acerta a trave direita