Brasileirão

Coritiba x São Paulo: escalações, onde assistir e invencibilidades em jogo

Treino do Coritiba, na quarta-feira, no Couto Pereira
Treino do Coritiba, na quarta-feira, no Couto Pereira (Foto: Franklin de Freitas)

Coritiba e São Paulo se enfrentam nesta quinta-feira (dia 9) às 20 horas, no Couto Pereira, pela 10ª rodada do Campeonato Brasileiro.

A partida será transmitida pelo Premiere.

INVICTO EM CASA
O time paranaense está invicto como mandante em 2022, com dez vitórias e três empates em 13 jogos. No Brasileirão, foram quatro vitórias nas quatro partidas em casa, com 100% de aproveitamento.

SÉRIE INVICTA
O São Paulo vem de uma série de 13 partidas sem perder, considerando todas as competições. A última derrota foi em 17 de abril, para o Flamengo, por 3 a 1, pela 2ª rodada do Brasileirão.
No entanto, o time paulista ainda não venceu como visitante na Série A em 2022. Foram cinco jogos fora de casa, com uma derrota e quatro empates.

RETROSPECTO
O retrospecto recente do confronto mostra que o fator campo tem favorecido os visitantes. A última vez que os mandantes venceram esse duelo foi em 2015, quando o São Paulo ganhou por 3 a 1.

RETROSPECTO RECENTE
Últimos jogos entre Coritiba e São Paulo
Coritiba 3x1 São Paulo — Curitiba — Brasileiro 2014
São Paulo 3x1 Coritiba — São Paulo — Brasileiro 2015
Coritiba 1x2 São Paulo — Curitiba — Brasileiro 2015
Coritiba 1x1 São Paulo — Curitiba — Brasileiro 2016
São Paulo 0x0 Coritiba — São Paulo — Brasileiro 2016
São Paulo 1x2 Coritiba — São Paulo — Brasileiro 2017
Coritiba 1x2 São Paulo — Curitiba — Brasileiro 2017
Coritiba 1x1 São Paulo — Curitiba — Brasileiro 2020

ESCALAÇÃO
O volante Willian Farias, com problemas musculares na coxa, é desfalque confirmado. Outra baixa confirmada é o lateral-direito Nathan Mendes, que pertence ao São Paulo e não pode enfrentar o clube origem, devido a cláusula prevista no contrato de empréstimo.

O lateral-direito Matheus Alexandre, o ponta/lateral-direito Warley, o lateral-esquerdo Egídio e o centroavante Léo Gamalho também foram vetados pelo departamento médico e não enfretam o São Paulo.

O lateral-direito Natanael jogou nos 20 minutos finais contra o Ceará, no último sábado, e afirmou que já tem condições para 90 minutos. Ele ficou quatro meses em recuperação antes dessa partida. “Fisicamente estou me sentindo bem, foram vários meses de tratamento e de trabalho físico, se o professor achar que deve me colocar, estou a disposição”, declarou o jogador.

O volante Andrey sofreu lesão no joelho e só volta a jogar em 2023.

OS CONVOCADOS
Goleiros: Alex Muralha e Rafael William
Zagueiros: Guillermo, Henrique, Luciano Castan e Márcio Silva
Laterais: Diego Porfírio, Guilherme Biro e Natanael
Volantes: Bernardo, Galarza e Val
Meias: Régis, Robinho e Thonny Anderson
Pontas:Alef Manga, Fabrício Daniel, Hugo, Igor Paixão, Neílton e Pablo Garcia
Centroavantes: Adrian Martinez e Clayton

CORITIBA x SÃO PAULO
Coritiba: Alex Muralha; Natanael (Guillermo), Henrique, Luciano Castán e Guilherme Biro (Diego Porfírio); Bernardo e Val; Igor Paixão, Thonny Anderson e Fabrício Daniel (Alef Manga); Adrián Martínez (Clayton). Técnico: Morínigo
São Paulo: Jandrei; Diego Costa, Miranda e Léo; Rafinha, Pablo Maia, Rodrigo Nestor e Welington; Igor Gomes, Luciano (Eder) e Calleri. Técnico: Rogério Ceni
Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhães (RJ)
Local: Couto Pereira, quinta-feira às 20 horas
TV: Premiere

SÃO PAULO
O volante Andrés Colorado é dúvida no São Paulo. As baixas são Nikão, Gabriel Sara, Alisson e Talles Costa. Quem volta ao time é o lateral-direito Rafinha, 36 anos, revelado pelo Coritiba. Outro jogador que surgiu na base do Coxa é o zagueiro Miranda, 37 anos, que segue como titular no time do técnico Rogério Ceni.

O zagueiro Arboleda segue com a seleção do Equador e desfalca o time. O treinador vem usando o esquema tático 3-4-3.

“A gente precisa da vitória. O São Paulo vem de bons jogos. O Coritiba é um adversário que tem a mesma pontuação que nós, então isso deixa o jogo ainda mais importante para nós no campeonato”, disse o lateral-direito Rafinha. "Voltando agora depois de 17 anos. O Couto Pereira foi onde eu comecei a minha carreira. Claro que vai ser um sentimento diferente, mas vamos com tudo, pois precisamos da vitória", afirmou. "Sei bem como é. O Coritiba é muito forte lá dentro, já estive daquele lado e sei que o torcedor apoia o tempo todo. Mas aqui no São Paulo, todos estão preparados para essa partida", comentou.