Surto passando

Coronavírus 'dá trégua' e Athletico terá oito reforços para encarar o Fluminense

(Foto: Divulgação/Athletico.com.br/Fabio Wosniak)

O Athletico realizou na manhã desta sexta-feira (4 de dezembro) o último treinamento antes da partida contra o Fluminense, marcada para acontecer neste sábado (5) às 19 horas, no Maracanã. E a rodada trará boas novidades para o técnico Paulo Autuori, que contará com o retorno de oito jogadores recuperados da Covid-19.

As novidades incluem dois goleiros (Santos e Jandrei), um zagueiro (Zé Ivando), um lateral-esquerdo (Abner), três meio-campistas (alvarado, Fernando Canesin e Nikão) e um atacante (Geuvânio). Todos eles ficaram pelo menos 10 dias em isolamento e agora voltam a ficar à disposição da comissão técnica.

Décimo segundo colocado do Brasileirão, com 28 pontos, o Furacão briga para deixar no passado a luta contra o rebaixamento (está quatro pontos acima do Z4) e para entrar de vez na competição por uma vaga na próxima Libertadores (está nove atrás do G6). O Tricolor carioca, por sua vez, soma 36 pontos e aparece na oitava posição.

Escalação

Com tantos retornos, a tendência é que Autuori mande a campo uma equipe formada por: Santos; Erick, Pedro Henrique, Thiago Heleno e Abner; Richard, Fernando Canesin e Léo Cittadini; Nikão, Carlos Eduardo (Renato Kayzer) e Walter.

O goleiro Bento, titular nos últimos três jogos, nem viajou com a delegação, por conta dos retornos de Santos e Jandrei. O ponta Reinaldo também não foi para o Rio de Janeiro, mas o motivo dele ter sido afastado da viagem não foi informado.

Seguem ainda em isolamento, após testarem positivo para Covid-19, o goleiro Léo Linck, o lateral Khellven e o zagueiro Felipe Aguilar. Eles todos devem voltar a treinar e ficar à disposição para jogo na próxima semana.

Além deles, os experientes laterais Jonathan e Márcio Azevedo e o ponta Vitinho estão lesionados e seguem em recuperação.