Coronavírus já contaminou mais de 2,5 milhões de pessoas no mundo

Bastaram 112 dias para que a covid-19 passasse de um infectado, na China, para 2,5 milhões de contaminados em todo o mundo. Segundo compilação de dados feita pela Universidade Johns Hopkins, dos Estados Unidos, a marca de 2,5 milhões de contágios foi atingida nesta terça-feira, 21. Às 14h (horário de Brasília), eram 2.501.156 pessoas infectadas desde o começo do surto. O primeiro caso foi reportado na província chinesa de Hubei em 31 de dezembro de 2019.

Os mortos pela covid-19 são agora 171.810 pessoas, 42.458 delas aconteceram nos Estados Unidos, país que lidera tanto o ranking de infecções como o de vítimas fatais da doença. Depois dos EUA, os países com mais mortos são Itália (24.144), Espanha (21.282), França (20.265) e Reino Unido (16.509).

Entre os países com mais casos, os Estados Unidos já registraram 31,54% das infecções globais, com 788.920 casos, segundo a Johns Hopkins. Na sequência vêm Espanha (204.178), Itália (181.228), França (156.495), e Alemanha (147.593).

O Brasil é o 12º país com mais casos de covid-19 (40.814) e o 11º em número de mortos (2.588).