Publicidade
Futebol

FPF pede ao governo estadual para que Paulistão recomece em 22 de julho

A matéria enviada anteriormente continha erro no primeiro parágrafo: a volta do Paulistão pode ocorrer em duas semanas. Segue a versão corrigida:

A Federação Paulista de Futebol (FPF) pediu nesta terça-feira ao governo do estado de São Paulo para que o Campeonato Paulista seja retomado em 22 de julho. Agora, a entidade aguarda uma resposta do governador João Doria e das autoridades de saúde, que precisam dar o aval para a retomada do torneio em duas semanas.

A solicitação da FPF com a data faz parte do protocolo para a volta do Paulistão entregue nesta terça-feira para o governo estadual. Embora não exista uma data para a resposta, Doria avisou, na última segunda, que uma definição ocorreria ainda nesta semana.

O Paulistão foi paralisado em 16 de março, quando faltavam duas rodadas para o término da primeira fase, que seria seguida por quartas de final, semifinais e decisão, com apenas esta etapa sendo realizada em jogos de ida e volta.

As seis datas necessárias para a conclusão do Estadual vão provocar um choque com o Campeonato Brasileiro, pois a CBF definiu os dias 8 e 9 de agosto para o início das Séries A, que conta com os paulistas Palmeiras, Corinthians, São Paulo, Santos e Red Bull Bragantino, e B. Seria exatamente nesse fim de semana que o Paulistão terminaria. Há, assim, duas possibilidades: a finalíssima ser realizada em outra data ou os times estrearem posteriormente no Nacional.

Na última segunda, Doria chegou a declarar que o Brasileirão não poderia começar antes que o Estadual estivesse finalizado. O governador, porém, não possui esse poder de veto. Além disso, ele foi rebatido pela CBF, declarando que os times de São Paulo aprovaram a data de começo do Nacional e se dispuseram a jogar fora de suas cidades se elas estiverem indisponíveis.

A ideia, apresentada anteriormente no protocolo médico da FPF, é de que os times fiquem confinados enquanto estiveram envolvidos na disputa do Paulistão, que possui 16 participantes. Os times voltaram aos treinos na semana passada, no dia 1º, tendo apenas realizados testes físicos anteriormente.

Há uma preocupação no futebol paulista com o nível físico e técnico em comparação a outros times do País, que estão em atividades há mais tempo, como os clubes do Rio, de Minas Gerais e do Rio Grande do Sul. Porém, enquanto o Campeonato Carioca pode acabar nesta quarta-feira, o Mineiro só voltará em 26 de julho e o Gaúcho nem possui uma data definida para retornar.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES