Correção: Palmeiras vence e mantém tabu contra Novorizontino no Paulistão

A nota enviada anteriormente contém um erro no primeiro parágrafo. O jogo foi disputado neste domingo. Segue a versão corrigida:

Sob forte calor na cidade de Novo Horizonte (SP), o Palmeiras estreou no Campeonato Paulista com vitória por 2 a 0 sobre o Novorizontino na tarde deste domingo, no estádio Jorge Ismael de Biasi, pela quinta rodada. O jogo foi antecipado devido ao calendário do time alviverde, que viajará nos próximos dias para disputar o Mundial de Clubes.

Esta foi a primeira vez que Palmeiras e Novorizontino se enfrentaram na fase de grupos. O time do interior subiu à elite do Estado em 2016 e desde então caiu no mesmo grupo do rival deste domingo, com exceção da atual temporada. Os confrontos no Paulistão foram todos nas quartas de final. Contando com esta partida, foram sete partidas, com seis triunfos da equipe alviverde e um empate.

Com a vitória, o Palmeiras larga na frente por vaga nas quartas de final no Grupo C, que conta ainda com Botafogo, Ituano e Mirassol. O Novorizontino está no Grupo B, ao lado de Ferroviária, São Bernardo e São Paulo.

Diferente do que vinha ensaiando na pré-temporada, Abel Ferreira não escalou o Palmeiras com três zagueiros. Murilo, um dos reforços para a temporada, ficou como opção no banco de reservas. No entanto, em vários momentos do jogo, o treinador recuou Piquerez e colocou Gustavo Scarpa atuando como uma espécie de ala, bem semelhante à tática usada na final da Copa Libertadores contra o Flamengo.

A escalação, inclusive, foi a mesma, até porque Marcos Rocha não foi relacionado, pois vinha fazendo um cronograma físico individual. Mayke foi novamente a aposta pela direita e deu conta do recado. O Palmeiras não sofreu nos primeiros 45 minutos e conseguiu sair na frente com um gol já nos acréscimos.

Zé Rafael recebeu na entrada da área e acertou um bonito chute para fazer 1 a 0. O gol foi um prêmio para o time que mais buscou o ataque. O Novorizontino tentava apostar no contragolpe, sem sucesso. Fora o gol, o Palmeiras ameaçou com Dudu. O camisa 7 teve algumas chances de marcar, porém faltou acertar o alvo.

No segundo tempo foi diferente. Logo na primeira oportunidade, aos 35 segundos, Dudu recebeu na entrada da área e bateu bonito para fazer 2 a 0. Em vantagem, o Palmeiras começou a se resguardar. O técnico, então, começou a rodar o elenco e colocou em campo o estreante Atuesta, um dos destaques na pré-temporada.

Mais tarde, também entraram Murilo e Rafael Navarro. O jogo continuou morno e foi ganhar em emoção nos acréscimos, quando o goleiro Giovanni pegou a bola fora da área e foi expulso após Luiz Flávio de Oliveira consultar o VAR. Léo Baiano foi para o gol, mas a cobrança de falta de Atuesta foi rente à trave.

O Palmeiras volta a campo na quarta-feira, às 21h35, no Allianz Parque, em São Paulo (SP). No mesmo dia, às 19h, o Novorizontino visita o Ituano, no estádio Novelli Júnior, em Itu (SP).

FICHA TÉCNICA:

NOVORIZONTINO 0 x 2 PALMEIRAS

NOVORIZONTINO - Giovanni; Lucas Ramon (Lucas Mendes), Wálber, Bruno Aguiar e Reverson; Léo Baiano, João Pedro (Lepu), Danielzinho e Marcinho (Léo Tocantins); Cléo Silva (Welinton) e Michel Douglas (Douglas Baggio). Técnico: Léo Condé.

PALMEIRAS - Weverton; Mayke, Luan (Murilo), Gustavo Gómez e Piqueres; Danilo, Zé Rafael (Atuesta), Dudu (Gabriel Veron), Raphael Veiga (Rafael Navarro) e Gustavo Scarpa (Wesley); Rony. Técnico: Abel Ferreira.

GOLS - Zé Rafael, aos 47 minutos do primeiro tempo. Dudu, ao 1 minuto do segundo tempo.

CARTÃO AMARELO - Zé Rafael (Palmeiras).

CARTÃO VERMELHO - Giovanni (Novorizontino).

ÁRBITRO - Luiz Flávio de Oliveira (SP).

RENDA E PÚBLICO - Não disponíveis.

LOCAL - Estádio Jorge Ismael de Biasi, em Novo Horizonte (SP).