Correção: PMI industrial da China desacelera em fevereiro

A nota enviada anteriormente continha uma incorreção. O Índice de Gerentes de Compras (PMI, na sigla em inglês) não foi divulgado pela IHS Markit e a Caixin e sim pelo National Bureau of Statistics (NBS). Segue a nota com o texto corrigido.

O Índice de Gerentes de Compras (PMI, na sigla em inglês) da indústria da China desacelerou de 51,3 em janeiro para 50,6 em fevereiro, a pior marca em nove meses, informou o National Bureau of Statistics (NBS) neste domingo. Quando acima de 50 pontos, o indicador representa expansão da atividade em relação ao mês anterior.

O resultado veio abaixo da mediana de 51,0 da expectativa dos economistas entrevistados pelo jornal The Wall Street Journal, com o Ano Novo Lunar reduzindo a expansão e demanda das fábricas chinesas, segundo o agência de estatísticas.

É o segundo mês seguido de contração no indicador, após o governo da China sustentar a indústria local para evitar um impacto da crise do novo coronavírus.

O PMI de atividades não industriais, que incluem serviços e construção, também teve recuo, de 52,4 em janeiro para 51,4 em fevereiro.

*Com informações da Dow Jones Newswires

Assuntos