Corredor é flagrado utilizando pênis falso em exame

O corredor italiano David Licciardi, um dos melhores fundistas de seu país (corrida de longa distância), está enfrentando um processo disciplinar e pode ver a carreira no esporte acabar de forma melancólica após, no último sábado, ser pego utilizando um pênis falso para burlar o exame antidoping.

O atleta de 27 anos da Força Aérea Italiana, detentor do melhor tempo de seu país nos 300m com obstáculos, nos 5km e nos 10km, foi descoberto por marechais após vencer uma prova de 10km na cidade italiana Molfetta.

O pênis falso utilizado por Licciardi ficava conectado a uma bolsa com urina limpa – ou seja, sem substâncias ilegais ou não permitidas.

Após descobrirem o corredor com o dispositivo chamado Whizzinator, facilmente encontrado na internet, os marechais informaram o Comitê Olímpico italiano, e Licciardi deverá enfrentar nesta quarta-feira (25), em Roma, uma audiência disciplinar, com potencial para uma longa suspensão.

O Whizzinator é anunciado na internet como um dispositivo de urina sintética discreto e seguro para todos os tipos de cenários divertidos". O produto, inclusive, é etnicamente sensível - vem em uma gama de produtos para clientes de várias raças, como brancos, hispânicos e negros.

Confira no vídeo acima como funciona o Whizzinator