Desde 2005

Covid-19 faz impostômetro ter queda pela primeira vez

(Foto: Reprodução)

O impostômetro da Associação Comercial de São Paulo (ACSP) - que mede os tributos pagos pelos brasileiros para os governos federal, estadual e municipal - deverá atingir a marca de R$ 2,057 trilhões até as 23h59 do último dia do ano, 31 de dezembro.

O resultado será 17,85% menor que valor que foi pago pelos contribuintes em 2019, a primeira queda registrada desde a criação da ferramenta, em 2005. Em 2020, o Poder Público receberá em impostos da população R$ 447,1 bilhões a menos do que foi arrecadado em 2019.