SENADO

CPI vota relatório final amanhã

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid no Senado vota amanhã, o relatório final do senador Renan Calheiros (MDB/AL), que recomenda o indiciamento de 66 pessoas, incluindo o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e o líder do governo na Câmara, deputado federal paranaense Ricardo Barros (PP). O documento propõe que o presidente seja responsabilizado por nove crimes, entre eles epidemia com resultado morte; crimes de responsabilidade por proceder de modo incompatível com a dignidade, a honra e o decoro do cargo, entre outros.
O texto, porém, pode sofrer alterações, como mudanças na lista dos pedidos de indiciamento e mesmo uma reformulação no capítulo que trata da crise sanitária do Amazonas, um dos pontos que revelaram divergências entre os integrantes da comissão. O dia também será reservado à leitura dos votos em separado.  O relatório de Calheiros aponta que as orientações dadas pelo governo mostram que o objetivo dos mandatários era expor os brasileiros ao contágio em massa, por meio da chamada imunidade de rebanho.