Marcos Galperin

Criador do Mercado Livre afirma que as criptomoedas são o futuro

(Foto: Divulgação)

Em uma recente apresentação em que falava sobre a relação do Mercado Livre com a América Latina, Marcos Galperin, fundador da empresa, conversou também com o público sobre o setor de moedas virtuais. Segundo Marcos, apesar desse setor enfrentar muitos desafios, as criptomoedas já têm um papel muito forte importante na atualidade.

Marcos deu maior ênfase para o Bitcoin e também para o Ethereum, que atualmente são as duas maiores criptomoedas presentes no mercado. Apesar de elogiar bastante esses projetos, e afirmar que possui Bitcoins em seu caixa, Marcos não deu notícias sobre a possível adoção dessa moeda digital dentro do Mercado Livre.

O fundador do Mercado Livre também comentou sobre a atuação da plataforma em outros países, onde é conhecido como Mercado Libre. Entretanto, Marcos também afirmou que atualmente o Brasil é o mercado de maior importância para a empresa, e representa a maior fatia de sua renda.

A empresa já está bem familiarizada com o mercado de ativos digitais, já que em 2021 a companhia comprou cerca de 8 milhões de dólares em Bitcoins, com o objetivo de utilizar essas moedas como reserva de valor. Durante sua apresentação, Marcos comentou sobre a importância das moedas virtuais, que embora sejam usadas apenas de vez em quando como forma de pagamento, são um excelente método de fazer uma reserva de valor.

Em suas palavras, as criptomoedas chegaram para ficar, sendo que elas têm um papel importante, não apenas como forma de pagamento, mas como reserva de valor. Para ele, o setor ainda possui muitos desafios que deve superar, como a escalabilidade e também o uso de energia para mineração.

Bitcoin como uma reserva de valor

Por conta de algumas características do ativo, como a escassez, o fato de poder ser transacionado como uma unidade de conta e por ter uma alta liquidez, o Bitcoin tem sido considerado por muitas pessoas como um potencial método de criar uma reserva de valor.

Assim como o próprio ouro, o Bitcoin tem uma limitação para a emissão de novas moedas, sendo que o máximo que podem ser produzidas são 21 milhões de moedas. Essa criptomoeda também possui uma alta liquidez, e pode ser comprada e vendida facilmente em corretoras, ou até mesmo trocada por algumas mercadorias.

No caso do Mercado Livre, foram comprados 7,8 milhões de dólares em Bitcoins, o que gerou um acúmulo de 150 moedas digitais pela empresa. Entretanto, por conta da volatilidade da moeda, esses Bitcoins atualmente estão valendo cerca de 7,6 milhões de dólares.

O Mercado Livre atualmente é a única empresa pública dentro da América Latina que possui Bitcoin em seu caixa. Embora o valor investido tenha diminuído, ainda assim está muito próximo, e é cedo para tomar qualquer tipo de conclusão sobre o potencial do Bitcoin como uma reserva de valor, até porque, essas moedas foram compradas há menos de cinco meses.

De forma geral, é esperado que o Mercado Livre comece a aceitar criptomoedas como forma de pagamento dentro de sua plataforma. Assim como diversos outros tipos de plataformas de venda, muito provavelmente a empresa vai se modernizar para aceitar o mais rápido possível o pagamento com esses ativos virtuais.

O Bitcoin já é legalizado no Brasil?

Para começo de conversa, é necessário que você entenda que em nenhum momento o Bitcoin foi proibido dentro do Brasil, a única coisa que estava pendente era uma regulamentação para esse ativo, já que ele não tinha uma classificação na qual pudesse ser encaixado.

Para entender melhor como funciona o setor de criptos, uma boa ideia é visitar uma página confiável, onde você pode encontrar corretoras. Para isso, visite Crypto Engine. Atualmente, existem diversos projetos de lei que estão sendo criados para tentar criar um uma regulamentação para o setor de criptoativos, de forma que os investidores brasileiros possam ter mais proteção contra fraudes e esquemas de pirâmide.

De forma geral, falta pouco tempo para que o Bitcoin e outras criptomoedas estejam completamente regulamentados, afinal de contas, esse é um mercado que está conquistando o mundo inteiro, e que é cada vez mais popular, criando uma necessidade por parte do governo de estar por dentro de tudo que acontece nesse setor. Também é um excelente momento para você aproveitar as oportunidades que o mercado oferece.