História

Criador do Zé Gotinha é vacinado contra a Covid-19 em Curitiba

(Foto: Divulgação)

 Seguindo o protocolo de vacinação com prioridade para grupos de risco, a prefeitura de Curitiba (PR) iniciou nesta segunda-feira (08) a imunização de idosos na faixa etária dos 80 anos. Nascido em 21 de abril de 1940, o ex-ministro da saúde Luiz Carlos Borges da Silveira, considerado por especialistas como um dos ministros mais atuantes da história do país, celebrou a oportunidade e foi um dos cidadãos a receber a primeira dose da vacina CoronaVac nesta manhã.

A frente do Ministério da Saúde durante a gestão do Presidente José Sarney, o médico paranaense foi o responsável pela criação do Zé Gotinha, personagem que se tornou símbolo das campanhas de vacinação infantil em todo o Brasil, tendo relevante atuação na conscientização sobre a importância das vacinas no final da década de 1980. “Nesta guerra contra o coronavírus, precisamos lutar com as armas disponíveis: máscara, higiene frequente das mãos e distanciamento social. Mas somente venceremos com a vacinação da população. Vacina para todos!”, afirmou o ex-ministro ao ser vacinado.

Ainda como ministro da saúde, Luiz Carlos Borges da Silveira participou do desenvolvimento de projetos como o da Rede de Hemocentros, exigindo o controle nas transfusões de sangue; trabalhou para implantar medidas nacionais de controle da diabetes e da obesidade; criou o SIATE em parceria com o Corpo de Bombeiros; e elaborou as primeiras campanhas de combate ao fumo, exigindo a exibição da advertência “O fumo é prejudicial à saúde”. Borges da Silveira abandonou a carreira política na década de 1990, e hoje atua como professor, empresário e escritor, sendo autor dos livros “30 anos da Nova República” e “Era o que tinha a dizer...”.