Vida quase normal

Crianças sofrem com viroses no retorno às aulas

(Foto: Freepik)

A flexibilização de medidas relacionadas à pandemia de Covid-19 afetou diretamente a rotina escolar. E, com isso, uma constatação: o registro de mais viroses nas crianças com o retorno às aulas presenciais. Esses casos se tornaram frequentes e devem ser acompanhados de perto porque podem levar à internação.

O médico pediatra Marcelo Iampolsky, professor de Medicina do Centro Universitário São Camilo, explica que a quantidade mais viroses nas crianças com o retorno das aulas faz parte de um movimento de maior convivência em sala de aula. Somado a isso, existe um fator importante relacionado à própria pandemia: com o isolamento social de vários meses, o sistema imunológico de crianças e adolescentes sentiu mais esse novo cenário. Por isso, está acontecendo uma maior necessidade de internar os pacientes desta faixa etária com viroses.

Leia mais no SAÚDE DEBATE