Coronavírus

Criciúma confirma quatro casos e chega a 11 diagnosticados com covid-19

Dentro da zona de classificação para a segunda fase da Série C do Campeonato Brasileiro, o Criciúma-SC confirmou, através de nota oficial, mais quatro casos de covid-19, nesta segunda-feira.

Dessa forma, em uma semana, foram 11 diagnósticos positivos para o novo coronavírus, responsável pela pandemia. São seis integrantes do elenco, três membros do estafe do futebol profissional, um diretor e um integrante da comissão técnica.

"Diante dos resultados, os profissionais foram prontamente afastados para cumprir o período de quarentena e seguem observados pelo médico do clube, Ricardo Furtado. O clube ressalta que desde o início da pandemia segue cumprindo os protocolos de saúde do Governo do Estado, assim como os da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) referentes aos treinamentos e jogos", registrou a diretoria do clube catarinense.

Nos últimos meses, o Criciúma já havia sido atingido pela doença. No final de julho, perto do retorno do Campeonato Catarinense, foram três atletas e um integrante da comissão técnica. Pouco depois, na primeira quinzena de agosto, três jogadores ficaram de fora da estreia na Série C, no Estádio do Café, no norte do Paraná, diante do Londrina-PR.

Os comandados do técnico Roberto Cavalo aparecem dentro do G-4 do Grupo B. Com 12 pontos, ocupam a quarta colocação do Grupo B, abaixo de Ypiranga-RS, com 17, Brusque-SC, com 16, e Volta Redonda-RJ, com 13. Londrina-PR, com 11, é o primeiro fora. A faixa de descenso é composta por São Bento-SP e Boa-MG, com quatro cada.