Publicidade
Série B

Londrina perde para o Criciúma e entra pela 1ª vez na zona da degola

Na luta desesperada contra o rebaixamento no Campeonato Brasileiro da Série B, o Criciúma venceu o Londrina por 2 a 0, nesta terça-feira, no estádio Heriberto Hulse, no interior de Santa Catarina, pela 35.ª rodada. Mas os dois clubes continuam em situação delicada na briga contra a degola à Série C de 2020.

O time da casa quebrou um jejum de nove jogos sem triunfos, porém, continua na zona de rebaixamento, agora com 34 pontos e em 18.º lugar. O seu último triunfo tinha acontecido diante do Botafogo-SP, por 2 a 0, no dia 28 de setembro, também em casa.

Em crise, o time paranaense acumulou a sua quinta derrota consecutiva e pela primeira vez na competição entrou na zona da degola, porque continua com 35 pontos, em 17.º lugar. Na rodada passada, após a derrota em casa diante do América-MG, por 1 a 0, o presidente Sergio Malucelli demitiu o técnico Mazola Júnior.

Com os times desesperados, era esperado um jogo de muita entrega e disposição. Foi exatamente o que aconteceu. O Criciúma tratou de marcar seu gol logo, aos dez minutos. Daniel Costa lançou em diagonal da linha intermediária, Andrew ajeitou de peito e a bola sobrou para o giro rápido de Léo Gamalho em cima de Dirceu. Ele finalizou e a bola entrou no canto direito do goleiro César.

Depois disso, porém, o ritmo caiu acentuadamente. O Londrina, mesmo armado com três atacantes, não conseguia levar a bola ao ataque, muito menos chutar para atrapalhar a vida do goleiro da casa.

Aos 40 minutos, quase o experiente Daniel Costa ampliou. Ele cobrou falta com perfeição, encobriu a barreira e a bola explodiu no travessão. Seria uma boa oportunidade para ampliar e voltar mais tranquilo para o segundo tempo.

Na etapa final, o Londrina ainda tentou ir ao ataque e pressionar. Mas não conseguiu. O Criciúma tocou a bola na espera de uma chance para ampliar o placar.

Isso aconteceu aos 34 minutos. Foguinho foi lançado dentro da área, cortou um zagueiro e rolou a bola lateralmente para o chute de chapa de Andrew. A bola morreu no canto direito da meta de César, que saltou, mas não impediu o gol.

Na base do tudo ou nada, o Londrina só teve uma chance real aos 42 minutos. Após escanteio, o atacante Léo Passos desviou de cabeça e Silvio finalizou duas vezes em cima do goleiro Paulo Gianezini, que evitou o gol dos visitantes.

Pela 36.ª rodada, o Criciúma vai enfrentar o Bragantino, sexta-feira, às 19h15, no interior paulista. Enquanto isso, o Londrina vai pegar o Botafogo-SP, em duelo marcado para sábado, às 19 horas, no Estádio do Café, no norte do Paraná.

FICHA TÉCNICA

CRICIÚMA 2 X 0 LONDRINA

CRICIÚMA - Paulo Gianezini; Carlos Eduardo, Derlan, Thales e Marlon; Eduardo, Foguinho (Jean Mangabeira), Wesley e Daniel Costa (Reinaldo); Andrew (Vinícius) e Léo Gamalho. Técnico: Roberto Cavalo.

LONDRINA - César; Sílvio, Dirceu, Léo Rigo e Felipe; Matheus Bianqui (João Paulo), Matheus Bertotto (Matheus Neris) e Pedro Cacho; Uelber (Júnior Pirambu), Léo Passos e Luidy. Técnico: Silvinho Canuto (interino).

GOLS - Léo Gamalho, aos dez minutos do primeiro tempo. Andrew, aos 34 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Anderson Daronco (RS).

CARTÕES AMARELOS - Daniel Costa, Carlos Eduardo e Foguinho (Criciúma). Matheus Neris, Léo Rigo e Sílvio (Londrina).

RENDA - R$ 63.150,00.

PÚBLICO - 4.502 (total).

LOCAL - Estádio Heriberto Hulse, em Criciúma (SC).

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES