Publicidade
Quem é forte?

Crossgames reuniu atletas de todo o estado na Arena do Verão Maior, em Caiobá

(Foto: Vinicius Araujo/ Verão Maior)

O Crossfit se tornou um verdadeiro fenômeno esportivo em academias de todo o mundo, com sua mistura de treinamentos intervalados de alta intensidade com pitadas de levantamento de peso olímpico, ginástica, calistenia, além de outros exercícios. Mas o sucesso não se restringe às academias, já que a prática intensiva por tantas pessoas gerou eventos que marcam uma nova era no esporte competitivo. Não é à toa que o Verão Maior, promovido pelo Governo do Estado, por meio da Superintendência de Esporte do Paraná, inseriu uma competição especial desta modalidade dentro da sua programação de eventos, e o resultado não poderia ser melhor.

Neste sábado as areias de Caiobá, receberam mais de 108 atletas de todo o Paraná, que apresentaram suas técnicas para um grande público presente ao mais famoso balneário matinhense. A Arena do Verão Maior, palco de grandes eventos esportivos desde o início do projeto, em janeiro, dessa vez foi tomada por equipamentos e obstáculos diferentes do que o espectador está acostumado a ver em um espaço público, como barreiras, pesos, argolas, e principalmente o "RIGS", uma estrutura metálica para a execução de diversos exercícios da modalidade.

As competições foram dividas por gênero, e experiência, com categorias para atletas iniciantes (Scaled), intermediários (Amadores) e graduados (RX), cada um com uma sequência e intensidade de exercícios variados. No Scaled feminino, que reuniu 13 duplas, o prêmio principal ficou "em casa", com a vitória da dupla matinhense, Julia Cagnini / Luana Sentone. As "donas da casa" foram as melhores em 3 das 4 baterias de exercícios entre as iniciantes. Kelly Ramos/ Dryelle Gel, de São José dos Pinhais, ficaram com a segunda colocação, enquanto as também matinhenses, Marcilene Cordeiro/ Stefani Veiga, completaram o pódio.

Ainda no Scaled, mas entre os homens, a vitória também ficou na cidade-sede dos Crossgames, com a dupla Renan Schetini / Andrei Pacheco. Os matinhenses conquistaram o lugar de honra no pódio, após acumular apenas 3 pontos a menos que a dupla vice-campeã, Wu Kim/ Tarcis Costa, de Telêmaco Borba, na pontuação geral. Os vencedores somaram 12 pontos, contra 15 dos segundos colocados, e 33 dos terceiros lugares, Lucas Genu/ Ubiratã Patruni, também de Matinhos, em uma disputa que reuniu 12 duplas.

Já na categoria Amador Feminino, as grandes campeãs foram Fernanda Portugal / Jessica Antoniolli, de Ponta Grossa, que superaram suas conterrâneas Caroline Proença / Agnes Mazer, por 9 contra 21 pontos acumulados. Depois da dobradinha pontagrossense, a melhor dupla entre as 9 inscritas na categoria foi Ivana Gonçalves / Luiza Dal Pra, que levaram o Bronze para São José dos Pinhais.

A categoria Amador Masculino foi a que reuniu o maior número de competidores em todo os Crossgames, com 14 duplas inscritas. Entre estas, os atletas de São José dos Pinhais foram os grandes destaques da competição. Jeferson Oliveira / Pedro da Silva conquistaram o primeiro lugar no Verão Maior, enquanto seus conterrâneos Tiago Dziedizecz / Arlisson Signor, e Adilson Spinelli / Geovanni Pereira, completaram o pódio, com uma dobradinha de atletas da mesma academia, respectivamente na segunda e terceiro posição.

Fechando a competição, 12 dos atletas mais graduados dos Crossgames, competiram na categoria RX. Diferente das categorias anteriores, disputadas em duplas, esta possuiu disputas apenas individuais. Em relação ao resultado final, novamente a vitória ficou com um atleta pontagrossense: Caio Carneiro, que teve uma performance impecável em Caiobá, sem acumular um ponto sequer na classificação final. O segundo lugar foi de mais um atleta de Telêmaco Borba, Danilo Mattos, enquanto o bronze ficou com Tom Well, de Curitiba.

Grande destaque do dia, Caio Carneiro, falou sobre a competir no litoral do Paraná, com o Crossgames promovidos pelo Verão Maior. "Eu nunca havia competido na areia. Foi uma experiência muito incrível, e eu gostei bastante", disse o pontagrossense, que explicou a dificuldade de praticar o Crossfit ao ar livre. "Foi muito desafiador, pois o calor é muito intenso, e a areia segura bastante os movimentos, o que é bem diferente de treinar em um box fechado".

Praticante de Crossfit há apenas 3 anos, sendo 2 anos de competições, Caio falou sobre sua programação para 2020. "Meu próximo compromisso será o Torneio Crossfit Brasil (TCB), em Botucatú (SP), e estou treinando de duas a três horas por dia para tentar dar o meu melhor, junto com toda a equipe da CF1530", disse o atleta, exaltando o trabalho desenvolvido por sua academia.

Organizador do evento, junto ao Verão Maior, Claudio Gerônimo comemorou a parceria com o Governo do Estado, assim como a Superintendência de Esportes do Paraná. "Já haviam ocorrido experiências de competições de Crossfit no litoral, nos dois anos anteriores, mas eram eventos privados. Esta é a primeira vez que acontece um evento público, e totalmente gratuito no nosso Estado. Mérito do Governo do Paraná, e eu fico feliz de ter feito parte deste primeiro passo".

O Verão Maior é uma ação integrada do Governo do Estado, em parceria com os municípios do Litoral e das praias de água doce no Noroeste e Oeste do Paraná.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES