Publicidade

Cruzeirenses lamentam derrota, mas acreditam na 'volta por cima' no Brasileirão

O Cruzeiro lutou, mas não teve forças para segurar a pressão do líder Flamengo e conheceu a sua quarta derrota seguida no Campeonato Brasileiro. Consequentemente, segue dentro da zona de rebaixamento - tem 18 pontos na 17.ª colocação. Após o duelo, o goleiro e capitão Fábio falou sobre a má fase da sua equipe e pediu tranquilidade para conseguir tirar a equipe desta incômoda situação.

"Quando está em situações delicadas como a nossa, a camisa pesa mais e às vezes acontece um ou outro erro. Contra uma equipe que o jogo é de igual para igual, se torna um jogo mais pesado. A gente tem que ter tranquilidade porque se estamos no Cruzeiro é porque cada um foi merecedor. Agora é pensar nas outras partidas. Essa aqui já ficou para trás", disse.

O recém contratado Ezequiel, que entrou no intervalo no lugar de Thiago Neves, confirmou que o grupo irá se doar ao máximo para salvar o Cruzeiro do rebaixamento à Série B de 2020, algo que nunca aconteceu na história do time mineiro. "Sentimento de acreditar. O Cruzeiro é muito grande, sabemos da história, que está na Série A há bastante tempo. Não vamos deixar que aconteça alguma coisa. O momento é de subir cada vez mais. Vamos nos doar cada vez mais para subir", prometeu o atacante.

Por fim, o atacante David fez questão de pedir desculpas aos torcedores que estavam presentes no estádio. "Entendemos o lado do torcedor. O Cruzeiro nunca passou por essa situação. Estamos trabalhando, focando, tentando e infelizmente as coisas não estão dando certo, mas irão melhorar. Pedir desculpas ao torcedor, que não merece passar por isso. Mas vamos conseguir superar", afirmou.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES