Publicidade
Praça Tiradentes

Curitiba celebra a Padroeira Nossa Senhora da Luz dos Pinhais e os 350 anos da catedral

(Foto: Reprodução/Vídeo/PMC)

A Arquidiocese de Curitiba comemorou neste sábado (8) o dia da padroeira da cidade, Nossa Senhora da Luz dos Pinhais de Curitiba, e celebrou os 350 anos da atual Catedral Basílica. Como parte das homenagens, o arcebispo Dom José Antônio Peruzzo presidiu uma missa. A governadora Cida Borghetti participou ao lado do prefeito de Curitiba, Rafael Greca.

Durante a celebração, a catedral recebeu a primeira imagem da padroeira. O artefato, que pertence ao acervo do Museu Paranaense, foi trazido de São Paulo em meados do século XVII. Ele ficará na paróquia até 30 de setembro de 2019 (ano jubilar).

HISTÓRICO - A paróquia foi fundada em 1668, 25 anos antes de Curitiba. Ao longo dos anos, a construção passou por várias reformas e até foi sede da Câmara Municipal por um período. Em 7 de junho de 1993, foi elevada a Catedral Basílica Menor. Hoje, é considerada patrimônio religioso, histórico e cultural da capital paranaense.

“A catedral e o culto a Nossa Senhora da Luz mesclam-se à história da fundação de nossa cidade, que foi repleta de desafios”, disse Peruzzo. “Agora, mais do que nunca, precisamos de sua luz para enfrentar também os obstáculos do futuro”, acrescentou.

PROGRAMAÇÃO - Ainda no sábado, a arquidiocese promoveu celebrações também às 12h e às 15h. Uma procissão com uma imagem atual da padroeira partirá do Santuário de Guadalupe às 17h em direção à Catedral, para a última missa do dia, às 18h.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES