Curitiba é a primeira cidade a adquirir uma Unidade de Exames Rápidos

A capital paranaense é a primeira cidade do Brasil a adquirir uma Unidade de Exames Rápidos, um projeto idealizado pela Nagis Health - Núcleo Avançado de Gerenciamento de Informações em Saúde, uma empresa que também nasceu na cidade. Trata-se de um projeto capaz de entregar resultados de exames de sangue e de imagens em 15 minutos, agilizando atendimentos, filas de esperas e retornos. A primeira unidade do Brasil está localizada na Policlínica Capão Raso, no bairro Novo Mundo. 

Funcionando desde março deste ano, a UER é capaz de fornecer resultados imediatos e ainda permite a realização de um checkup na hora, proporcionando inovação e rapidez no atendimento dos pacientes, além de agilidade no resultado dos exames. Hoje, a unidade de Curitiba atende cerca de 50% de sua capacidade e pode executar, em média, 120 exames por hora.

Atualmente, os principais exames realizados na Unidade de Capão Raso são os de rastreamento de doenças cardiovasculares, renais, hepáticas, respiratórias, de composições corporal e postural, problemas nutricionais, dores de coluna por problemas posturais e câncer de próstata, etc. Para o diretor da Nagis Health, Wagner Marques, a Policlínica superou as expectativas de atendimento. A Nagis Health, junto com a Policlínica, já conseguiu traçar um perfil epidemiológico da população de Curitiba atendida que, em breve, será divulgado, explica.

Segundo a diretora administrativa da Policlínica de Capão Raso, Catarina Harue Yagueshita, a UER implantada surpreendeu clientes, que aprovaram a tecnologia a favor dos exames. Os clientes demonstraram satisfação pelo resultado e têm achado uma grande inovação na área de saúde. Com a UER, a Policlínica tem maior capacidade de rastreamento de doenças, prevenção e comodidade, já que os exames podem ser realizados em um só lugar com preço acessível, completa.

Sobre as Unidades de Exames Rápidos

As Unidades de Exames Rápidos são um projeto inédito e inovador para exames laboratoriais e de imagens, destinados aos sistemas públicos e privados de saúde do Brasil, possuindo duas finalidades: diagnósticos e prevenção (checkup).

As UERs podem funcionar dentro de policlínicas, clínicas médicas, hospitais e unidades de saúde públicas, como unidades básicas e unidades 24h. Além disso, alguns projetos estão sendo montados para atender Secretarias de Justiça, Secretaria de Esportes e Secretarias de Educação de todo o país. As Unidades são concretizadas de duas formas, com instalações fixas ou móveis e são operadas por profissionais de saúde, como biomédicos e enfermeiros. São oferecidos para diagnóstico, além dos exames convencionais de sangue e imagem, outros exames como os de urgência, emergência e infecto contagiosos.