Publicidade
Crise do Coronavírus

Prefeitura de Curitiba estuda medidas para reabrir comércio de rua: 'Nós nunca fechamos, eles fecharam por conta própria', diz Greca

Em tempos de pandemia, Centro de Curitiba chegou a ficar vazio
Em tempos de pandemia, Centro de Curitiba chegou a ficar vazio (Foto: Franklin de Freitas)

Em pronunciamento feito ao vivo por meio da página da Prefeitura de Curitiba no Facebook, o prefeito Rafael Greca revelou na tarde desta quarta-feira (1º de abril) que Curitiba está estudando medidas para reabrir o comércio de rua da cidade. Em sua fala, o político comentou o embate entre o que classificou como "a turma do fecha tudo contra a turma do abre tudo" e afirmou que sempre buscará o caminho do meio.

"É como uma guitarra: se apertar demais, a corda arrebenta. Se deixar frouxo, a corda não toca. E no caso não só não toca, como toca a música da morte que nós não queremos ouvir", alertou o prefeito.

Se garantiu não afrouxar demais as medidas de prevenção, por outro lado também prometeu reabrir o comércio da cidade. De acordo com ele, já há um grupo da Prefeitura estudando medidas que possibilitem novos usos sociais dos espaços públicos. Não foi explicado em maior detalhes, entretanto, quais poderiam vir a ser essas medidas.

"Aos poucos estamos estudando regras para ir abrindo o comércio de rua, que nós nunca fechamos, eles fecharam por conta própria, para permitir novos usos sociais na cidade, que a Dra. Marion [Burger, médica infectologista], com o comitê e com a licença do Ministério da Saúde, aos poucos irá liberando. De todas as frases inteligentes que ouvi nesse tempo de pandemia, a mais inteligente é a do ministro Luiz Henrique Mandetta [da Saúde], ontem: quero ser como o experiente marinheiro, quero andar devagar com o barco no nevoeiro. Não se enxerga, não se sabe o que vem por aí. Então tem que ser como o experiente marinheiro e andar devagar no nevoeiro."

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES