Publicidade
Semana Nacional do Trânsito

Curitiba ganha um presente ‘surpresa’ no Dia Sem Carro

Mural passou a semana coberto para surpreender na inaugura\u00e7\u00e3o
Mural passou a semana coberto para surpreender na inaugura\u00e7\u00e3o (Foto: Franklin de Freitas)

Neste sábado (22), dia dedicado ao Dia Mundial Sem Carro, o artista visual Luiz Gustavo Vidal entrega à cidade o Mural Mobilidade Urbana, uma obra de arte pública que, além de promover a reflexão sobre locomoção, homens e animais, resgata a vocação cultural de Curitiba como cidade muralista, berço de artistas como Poty Lazzaroto, a quem Vidal dedica a obra.

A intervenção artística, feita na fachada do antigo Edifício 13 de Maio, passa a integrar uma região da cidade que conta com obras de artistas consagrados e a compor o centro histórico da capital. Com 7 metros de altura por 7 metros de largura, foram utilizados 1.250 azulejos e mais de mil horas de queima em fornos a 900 graus, sua produção levou 2 anos e envolveu a colaboração de artistas como Elvo Benitto Damo e Maria Helena Saparolli.

A inauguração do mural terá a presença de vários artistas e autoridades, entre elas nosso prefeito Rafael Greca, e apresentações musicais como a tradicional Banda Lyra, a Orquestra de Ladies e o grupo Lenhadores da UFPR.

O mural foi concluído nesta semana e está coberto com uma lona para ser surpresa na inauguração.

O mural
A obra faz parte de uma série sobre Mobilidade Urbana que reúne diversos desenhos à mão livre, pintura e arte digital em que Vidal utiliza superfícies variadas, cartela de cores fortes e reduzida, o que traz movimento e intensidade ao seu trabalho.  A partir da observação da relação entre homem, animal e locomoção, Vidal transforma pernas e patas em rodas de traços velozes e marcantes.

O Edifício escolhido para receber o mural brinca o artista: “fica num local que você certamente vê todo dia sem, contudo, ver”. E tudo isso foi concebido pelo seu imaginário, o qual tem a intenção de trazer para o local um importante sentimento de pertencimento das pessoas que ali passam, com um resgate de princípios que tanto buscamos.

Simulador de alcoolemia vira vedete na Boca Maldita
A Semana Nacional do Trânsito tem uma atividade que desperta a curiosidade de quem passa pela Boca Maldita durante a manhã até as 15 horas. É o simulador de alcoolemia. Com o apoio de um óculos de realidade virtual, é possível reproduzir a dificuldade enfrentada pelo motorista que ingeriu bebida alcoólica ao dirigir e para manter o controle do volante.

Por lá, estandes educativos foram montados por órgãos de trânsito, como Setran, BPTran, Detran e Polícia Rodoviária Federal. A intenção é alertar ciclistas, pedestres, motoristas e motociclistas sobre os cuidados no trânsito. Agentes da Setran também explicam sobre o uso correto das cadeirinhas para crianças no carro. 

As abordagens tentam passar a mensagem de que, mais que um integrante atento no trânsito, o cidadão precisa compreender as limitações das demais pessoas que utilizam um meio de locomoção diferente do seu.

“Precisamos nos colocar no lugar do outro. Essa empatia é fundamental, então temos que entender as dificuldades dos usuários de outros modais de trânsito”, explicou o agente de trânsito Caçan Cordeiro Silvano, da Escola Pública de Trânsito (EPTran). 

Na semana que vem, BPTran realiza dez blitze na Capital
Na próxima terça-feira o Batalhão de Polícia de Trãnsito (BPTran) irá realizar blitze educativas  em 10 pontos de Curitiba. Além da atuação dos policiais militares que farão orientações, voluntários de entidades e grupos voltados à educação no trânsito também darão apoio no trabalho. As ações fazem parte da Semana Nacional de Trânsito, iniciada nesta semana, e que termina no dia 25 de setembro.

O Batalhão de Polícia de Trânsito (BPTran) e o Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv) promovem ao longo desta semana ações conjuntas com outros órgãos de trânsito sobre dicas de segurança e orientações para evitar acidentes e mortes nas vias urbanas e rodoviárias.

As atividades seguem até o dia 25 com abordagens educativas e distribuição de material informativo aos usuários. Nas rodovias estaduais, o BPRv também faz operações de fiscalização com a entrega de folders e orientações aos motoristas nos 58 postos distribuídos em mais de 12 mil quilômetros de rodovias estaduais.

Até este sábado, o BPTran faz uma exposição de materiais e entrega de panfletos educativos na Boca Maldita, na Rua XV de Novembro. A PM está com um estande no local com equipamentos utilizados pelas equipes policiais.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES