Publicidade
Após explosão

Curitiba pode proibir produtos inflamáveis em impermeabilizações

(Foto: Franklin de Freitas/Arquivo Bem Paraná)

Desde a última segunda-feira (1) tramita na Câmara Municipal de Curitiba um projeto de lei do vereador Colpani (PSB) que pretende vedar o uso de solventes ou quaisquer outras substâncias inflamáveis na impermeabilização de estofados. Segundo o parlamentar, solventes como o benzeno, hexano e isoparafina são usados para diluir o impermeabilizante. Paraele, isso seria como ter “uma pequena bomba dentro de casa”. Em Curitiba, algumas empresas já atuam apenas com o produto à base de água.

O projeto foi apresentado depois do caso da explosão em um apartamento no Água Verde, no sábado passado, e que deixou um menino de 11 anos morto e três adultos feridos, dois com gravidade.

Ainda de acordo com a proposta de lei, o descumprimento da norma implicará em multa, cancelamento do alvará de funcionamento da empresa e recolhimento do equipamento utilizado na impermeabilização.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES