Covid-19

Curitiba prorroga a bandeira laranja por mais uma semana, mas flexibiliza o domingo

Bandeira laranja atual libera supermercados aos domingos
Bandeira laranja atual libera supermercados aos domingos (Foto: Tânia Rêgo/ABr)

A Prefeitura de Curitiba prorrogou a bandeira laranja por mais sete dias, manteve medidas restritivas de combate à pandemia de Covid-19 na cidade e autorizou o funcionamento de algumas atividades essenciais aos domingos. A decisão foi tomada pelo Comitê de Técnica e Ética Médica da Secretaria Municipal da Saúde de Curitiba,  nesta terça-feira (15). As medidas terão vigência de sete dias, até 23 de junho.

Além dos restaurantes, também poderão funcionar aos domingos, seguindo os protocolos de responsabilidade sanitária e social, supermercados, comércio de hortifrutigranjeiros e comércio de alimentos para animais.

A liberação das atividades essenciais aconteceu após diversas discussões com representantes das categorias. Houve comprometimento de adesão aos protocolos e medidas de controle da pandemia.

Após análise dos dados epidemiológicos da última semana (de 9 a 15 de junho), a pontuação da bandeira ficou em 2,58, o que demostra um cenário que ainda exige muita cautela: acima de 2,7 a cidade volta para a fase vermelha.

“O momento é muito delicado, temos que analisar os indicadores e as medidas restritivas semana a semana, estamos no limiar da mudança, por isso adotamos um decreto com menor tempo de duração”, disse a secretária de Saúde, Márcia Huçulak.

Por outro lado, os indicadores da propagação da doença seguem em estabilidade e o número de casos ativos caiu de 9.741 para 8.376 no período analisado. O número diário de novos casos também se mantém estável, dados esses que sinalizam uma melhora para as próximas semanas.

A taxa de transmissão do vírus, condição que indica o número de novos contaminados por cada pessoa na fase ativa da doença, caiu de 0,89 para 0,77.

Vacinação atinge novas idades 

Com a entrega de novas doses da vacina contra a Covid-19 na segunda-feira, Curitiba avançou com a imunização de mais duas faixas etárias da população, de 54 e 53 anos completos. Hoje, serão vacinados os moradores da cidade com 53 anos completos. O atendimento é feito em qualquer um dos 17 pontos de vacinação da cidade. Ontem, foram vacinados os de 54 anos.

Também hoje tomam a vacina professores e trabalhadores da Educação Básica de 34 anos ou mais, tanto da rede pública quanto da rede privada. A imunização dos profissionais da educação básica acontece das 8h às 17h, de segunda a sexta-feira, em dez pontos de vacinação, um por distrito sanitário.

Por fim,hoje a vacina é ofertada também para professores e demais trabalhadores das instituições de ensino superior com 45 anos ou mais, tanto os da rede pública quanto da privada.

Boletins

Capital tem mais 881 novos casos e 24 mortes

Curitiba registrou, ontem, 881 novos casos de Covid-19 e 24 óbitos de moradores da cidade. Até o momento foram contabilizadas 5.797 mortes e 228.335 casos positivos. São 8.376 casos ativos na cidade, Ontem, a taxa de ocupação dos 548 leitos de UTI SUS exclusivos para covid-19 estava em 101%.

Paraná — O Paraná confirmou nmais 3.961 casos e 340 mortes pela Covid-19. Os dados acumulados do monitoramento da doença mostram que o Estado soma 1.150.281 casos confirmados e 28.389 óbitos.

Brasil — O boletim do Ministério da Saúde de ontem registrou mais 80.609 casos da Covid e 2.468 óbitos novos. O total agora foi para 17.533.221 de casos e 490.696 mortes desde o início da pandemia.