Assine e navegue sem anúncios [+]
Pandemia

Curitiba registra mais 19 mortes por Covid-19 e médica alerta: 'Ainda estamos no pico. Se cuidem'

(Foto: Acácio Pinheiro)

A Secretaria Municipal da Saúde (SMS) confirmou nesta segunda-feira (3) a morte de 19 moradores da cidade por covid-19 e mais 587 casos de infecção pelo novo coronavírus. Com os novos registros, Curitiba soma 20.950 casos e 598 mortes em decorrência da doença. Na live de divulgação dos casos, a médica infectologista da Prefeitura de Curitiba, Marion Burger, alertou que apesar de os casos confirmados não estarem dobrando de um dia para outro, a cidade ainda está no pico da pandemia: "Ainda estamos no pico. O momento é de redobrar os cuidados, manter o distanciamento". 

As novas vítimas tinham idade entre 52 e 94 anos, nove eram homens e dez eram mulheres. Dos novos óbitos 14 ocorreram nas últimas 48 horas e os outros cinco aconteceram entre os dias 16 de julho e 1º de agosto.

Todos os pacientes estavam internados em hospitais públicos e privados. Três deles tinham idade abaixo de 60 anos, porém apresentavam registro de fatores de risco para complicações da covid-19. Além dos 598 óbitos confirmados outros 13 estão em investigação.

Casos ativos
Dos 20.950 moradores da cidade que testaram positivo para o novo coronavírus, 14.835 estão liberados do isolamento e sem sintomas da doença, mas há ainda outros 5.517 que estão com a doença em fase ativa, ou seja, podem transmitir o vírus.

Outros 639 casos em investigação, aguardando resultado de exames.

Entre os casos confirmados, 597 pacientes estão internados em hospitais públicos e privados da capital paranaense, 256 deles em UTI.

UTIs do SUS
A taxa de ocupação das 345 UTIs do SUS exclusivas para covid-19 nesta segunda-feira é de 88% - todos aqueles que deram entrada no internamento com sintomas suspeitos de síndromes respiratórias agudas graves vão para leitos exclusivos covid-19 e não apenas os com casos confirmados de covid-19. Há 42 leitos livres.

CRM reforça alerta

O  Conselho Regional de Medicina do Paraná (CRM-PR) emitiu no domingo (2) um alerta à população, avisando que “as próximas semanas devem ser um período de máximo cuidado na prevenção”, sendo “crucial que cada indivíduo faça a sua parte”. 

“Em outros lugares, temos visto que se controla a pandemia e, de repente, volta. Mesmo os países já na descendente [da doença] as vezes têm pequenas elevações. Então o cuidado tem de ser mantido”, afirma o presidente do Conselho Regional de Medicina (CRM-PR), Roberto Issamu Yosida, explicando ainda o motivo do alerta emitido pelo órgão.  “[O alerta é] Porque agora nós entramos numa fase que ainda não temos certeza absoluta se a pandemia vai entrar em queda. Pode ser que ainda haja pequenas ondas, dependendo do comportamento da população, do distanciamento social, das medidas sanitárias. Não podemos nos descuidar, temos de manter as coisas sob controle agora para que não tenha um descontrole num curto período de tempo”, reforça o especialista.


Números da covid-19 em Curitiba em 3 de agosto
587 novos casos
19 novos óbitos

Números totais
Confirmados – 20.950
Investigação – 639
Recuperados – 14.835
Óbitos – 598

Assine e navegue sem anúncios [+]

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições. OK