Assine e navegue sem anúncios [+]
Boletim 172

Curitiba tem 362 novos casos de Covid-19. Número de mortes é o mais baixo desde 7 de setembro

(Foto: Geraldo Bubniak/AN-PR)

Curitiba registrou nesta quarta-feira (16/9), 362 novos casos de Covid-19 e sete óbitos de moradores da cidade infectados pelo novo coronavírus, conforme boletim da Secretaria Municipal da Saúde.

As novas vítimas são três homens e quatro mulheres, com idades entre 39 e 92 anos. Quatro destes óbitos ocorreram nas últimas 48 horas. Os demais foram nos dias 9 e 14 de agosto.

Apenas um dos pacientes não apresentava fator de risco para as complicações da Covid-19. Até agora são 1.156 mortes na cidade provocadas pela doença neste período de pandemia.

O número de mortes confirmadas foi o mais baixo desde o dia 9 de setembro, quando também foram sete óbitos confirmados na Capital,mesmo númerodo dia 8. Nos dias seguintes a oscilação foi entre oito de doze mortes confirmadas por dia. Antes de 8 e 9 de setembro, o mais baixo número de mortes foi no 7 de setembro,com seis casos.

Novos casos
Com os novos casos confirmados, sobre 39.631 moradores de Curitiba testaram positivo para a Covid-19 desde o início da pandemia, dos quais 33.831 estão liberados do isolamento e sem sintomas da doença.

São 4.644 casos ativos na cidade, correspondentes ao número de pessoas com potencial de transmissão do vírus.

UTIs do SUS
Nesta quarta-feira (16/9), a taxa de ocupação dos 334 leitos de UTI SUS exclusivos para Covid-19 é de 87%. Todos os pacientes que são internados com quadro de síndrome respiratória aguda grave vão para os leitos exclusivos covid-19 e não apenas os casos confirmados da doença. No momento restam 47 leitos livres.

Números da covid-19 em 16 de setembro
362 novos casos
7 novos óbitos

Números totais
Confirmados – 39.631
Investigação: 630
Recuperados – 33.831
Óbitos – 1.156

Assine e navegue sem anúncios [+]

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições. OK