Segurança no trânsito

Curitiba testa sensores automáticos em cruzamento de linha férrea

(Foto: Franklin de Freitas)

Pensando em novas soluções para otimizar a mobilidade urbana e a segurança do trânsito em Curitiba, a Superintendência de Trânsito (Setran), em parceria com a Rumo e o Departamento de Trânsito do Paraná (Detran-PR), iniciou na segunda-feira os testes do projeto “PN Sensoreada”. A tecnologia é composta por sensores instalados nas proximidades dos cruzamentos rodoferroviários que identificam a aproximação do trem e acionam o semáforo instalado para motoristas no cruzamento com a ferrovia. Neste mês de agosto, o equipamento ficará em fase de testes supervisionados, ou seja, o equipamento não irá ficar ativo 24 horas por dia.

A “PN Sensoreada” consiste em quatro sensores instalados nas proximidades da ferrovia em uma distância de aproximadamente 400 metros que identificam a aproximação do trem. Por meio de um sistema de inteligência artificial com visão computacional e de monitoramento do local, os sinais são captados pelo equipamento e acionam a sinalização do semáforo, alertando o motorista para a necessidade de parar e alternando novamente para verde após o trem completar a travessia. A previsão é que os resultados conclusivos da tecnologia sejam apresentados no primeiro semestre de 2022.