Publicidade
Semana de prevenção

Curitiba vê redução de 18,7% nas mortes em acidentes de trânsito

As mortes por acidentes de trânsito no país estão em queda. Um levantamento inédito do Ministério da Saúde aponta que, em seis anos, houve uma redução de 27,4% dos óbitos nas capitais do país. Em 2010 foram registrados 7.952 óbitos, contra 5.773 em 2016, o que representa uma diminuição de 2,1 mil mortes no período. Em Curitiba a redução no período foi de 18,7% — foram 310 mortes nas ruas em 2010 contra 252 seis anos depois.

Outras cinco capitais se destacaram, em termos percentuais, com as maiores reduções — Aracaju (SE), com 57,1%; Natal (RN), com 45,9%; Porto Velho (RO), com 43,5%; Salvador (BA), com 42,4% e Vitória (ES) com 42,1%. Os dados são do Sistema de Informações sobre Mortalidade (SIM).

A redução dos óbitos pode estar relacionada às ações de fiscalização após a Lei Seca, que neste ano completou 10 anos de vigência. Além de mudar os hábitos dos brasileiros, a lei trouxe um maior rigor na punição e no bolso de quem a desobedece.

“Houve um aprimoramento da Legislação, aumento na fiscalização e alguns programas estratégicos, como o Vida no Trânsito. No entanto, o número de óbitos e internações ainda preocupa, especialmente os de motociclistas”, diz diretora do Departamento de Vigilância de Doenças e Agravos não Transmissíveis e Promoção da Saúde do Ministério da Saúde, Maria de Fátima Marinho.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES