Publicidade
Inusitado

Curitibana leva ‘fora’ do ‘crush’ no Rio de Janeiro e passa alguns dias com Nego do Borel

Nego do Borel e Michele
Nego do Borel e Michele (Foto: Reprodução / Instagram)

A curitibana Michele Paula resolveu embarcar para o Rio de Janeiro para se encontrar com um “crush” – um paquera – mas acabou levando um fora dele. Ela ficou esperando por ele por pelo menos nove horas no aeroporto. Por outro lado, a mulher foi consolada pelo cantor nego do Borel e passou boa parte do tempo com ele.

Michele Paula, 27 anos, estava desempregada, mas mesmo assim decidiu embarcar para o Rio de Janeiro para se encontrar com o rapaz. A promessa ele era de ir pegá-la no aeroporto. A mulher ficou esperando, mas ele não apareceu.

Foi quando apareceu o cantor Nego do Borel. Ele pediu ajuda para dar uma carga no celular, ela o reconheceu e pediu para tirar uma foto com ele. Os dois começaram a conversar. Ela pediu indicação de um hotel baratinho, já que a passagem de volta ao Paraná estava marcada apenas para segunda-feira (24). Mas ele fez mais que isso. “O cara sacaneou ela. Aí, eu falei ‘Já que você está aqui e o cara não apareceu, me encontrou, vai ficar num hotelzinho maneiro na Barra da Tijuca, vai tirar uma onda, vai pegar uma praia top e vai embora pra Curitiba segunda-feira felizona'”, disse ele, em um vídeo em seu perfil no Instagram.

O próprio Nego do Borel postou a história em seu perfil. “A vida é mesma feita de encontros e despedidas... ou quase isso. A @micheletheblack foi um grato encontro que a vida me deu. Num cenário pouco provável nos esbarramos, e após um pedido para uma foto ela falou uma frase que mudou todo o meu dia: “pelo menos uma coisa boa me aconteceu hoje”... e isso porque ela veio de um quase encontro, ou quase despedida, com um conhecido que a receberia aqui no Rio de Janeiro, mas depois de um longo voo de Curitiba para cá, ela se deparou com uma realidade diferente disso. Mas a vida é mesmo surpreendente, não é? Deste limão fizemos uma limonada, e a Michele curtiu muito todas as maravilhas que o Rio de Janeiro tem. Foi muito incrível poder viver tudo isso com você, e ver seu sorriso iluminar novamente o seu rosto!”, escreveu ele.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES