Publicidade
Turismo

BR-277 corta o Paraná de leste a oeste, tem 730 km e muitas belezas em 26 cidades

A BR-277
A BR-277 (Foto: Rachel Ribas )

A BR-277, muitas vezes chamada como Grande Estrada, é uma rodovia federal que corta o Paraná de Leste a Oeste e é uma rodovia federal genuinamente paranaense, já que começa e termina dentro do Estado. Seu quilômetro zero é em Paranaguá, e o fim, no km 730, em Foz do Iguaçu.

A rodovia é concessionada e cruza 26 municípios, com muita história, paisagens impressionantes e marcos inclusive da história do Brasil. Para aventureiros e mesmo famílias, pode ser um grande programa cruzar a rodovia desde seu início até seu fim, de moto ou de carro, parando em cada uma das cidades de seu trajeto. Um passeio que começa no Litoral do Paraná e termina nas Cataratas do Iguaçu.

É a rota que une os dois principais destinos paranaenses. No setor produtivo o Porto de Paranaguá é o segundo em movimentação de cargas no País. No turismo — no outro extremo da rodovia —, Foz do Iguaçu também é o segundo destino turístico brasileiro.


Veja os 26 municípios cortados pela BR-277

  • Paranaguá — Berço do Paraná, fundada em 1648, é a cidade mais antiga do Estado e a principal do litoral paranaense.
  • Morretes — Ainda no Litoral paranaense e aos pés da Serra do Mar, é famosa pelo barreado, prato típico do Litoral
  • São José dos Pinhais — Município da Grande Curitiba, tem atrações variadas no campo e na cidade o ano todo. É uma das cidades com maior crescimento no Estado.
  • Curitiba — A capital paranaense é hoje um dos principais destinos turísticos do País, com centenas de atrativos, desde seu clima ameno, às dezenas de parques e museus.
  • Campo Largo — Ainda na Região Metropolitana de Curitiba, é conhecido como "Capital da Louça" devida à expressiva produção e exportação desse material.
  • Balsa Nova — A BR-277 se despede da Grande Curitiba por Balsa Nova. A cidade é conhecida por roteiros naturais e esportes de aventura.
  • Porto Amazonas — A cidade cresceu contornando o Rio Iguaçu, outro patrimônio do Paraná, que assim como a BR-277 acaba em Foz. Porto Amazonas tem grande potencial turístico.
  • Palmeira — Ar puro, belas paisagens, povo acolhedor. Além dos refúgios naturais, a cidade encanta com sua arquitetura e as tradições. É famosa também pela Colônia Witmarsun.
  • Fernandes Pinheiro — Justamente esse clima de cidade do interior, com o charme da vida no campo e um povo alegre e acolhedor, o grande atrativo do lugar.
  • Teixeira Soares — Se o turista procura por locais de fé, a região da Terra dos Pinheirais conta com diversos espaços para reflexão espiritual, como em Teixeira Soares.
  • Irati — A mescla das diferentes culturas torna a cidade de Irati uma das mais interessantes do Sul do País, e é chamda de “A Pérola do Sul do Brasil”.
  • Prudentópolis — Capital da Oração, terra das cachoeiras gigantes, berço do Ivaí. colonizada por imigrantes ucranianos, Prudentópolis é abençoada pela natureza.
  • Guarapuava — Capital paranaense da cevada e do malte, a cidade tem 200 anos. Também é um lugar perfeito para quem quer conhecer mais sobre a colonização paranaense.
  • Cantagalo — Fica na região dos Lagos e Colinas. E além das belezas naturais, a gastronomia também é reconhecida, como a Costela Recheada à Moda Gaúcha.
  • Virmond — Outro município às margens do Rio Iguaçu, na região dos Lagos e Colina. Muita história na Casa da Memória de Virmond.
  • Laranjeiras do Sul — Um dos pontos mais altos da região, o Morro das Torres proporciona uma vista para toda a cidade e também é apropriado para a prática de voos de parapente e rapel.
  • Guaraniaçu — A cidade não é grande, mas tem cuidado com sua história e no resguardo da cultura. Merece uma visita o Museu Histórico Municipal de Guaraniaçu.
  • Ibema — Transição entre o Centro-Sul e o Oeste do Paraná, Ibema tem belezas naturais, como a cachoeira Gralha Azul que lembra o véu de uma noiva.
  • Cascavel — Conhecida como o polo econômico da região Oeste do Paraná, Cascavel é uma cidade planejada, com avenidas e ruas largas, em bairros bem distribuídos.
  • Santa Tereza do Oeste — Jovem e promissora, Santa Tereza do Oeste vem despertando o interesse turístico, afinal o município é a porta de chegada ao Parque Nacional do Iguaçu
  • Céu Azul — Céu Azul é uma cidade conhecida como a Capital do Oxigênio por ter 73% do território ocupado pelo Parque Nacional do Iguaçu
  • Matelândia — Matelândia é exemplo de cidade onde é possível encontrar locais para realizar trilhas, pescar, cavalgar, visitar cachoeiras e orar nas grutas religiosas.
  • Medianeira — Cidade portal do Mercosul, Medianeira proporciona ao turista momentos de cultura, descontração e lazer, sem falar na boa culinária.
  • São Miguel do Iguaçu — A cidade conta com natureza exuberante, água, pesca, recantos, piscinas, comidas naturais e orgânicas, e muito mais.
  • Santa Terezinha do Itaipu — O grande atrativo da cidade são suas praias de água doce já que é banhada pelo imenso Lago de Itaipu.
  • Foz do Iguaçu — Terra das Cataratas do Iguaçu, Foz dispensa apresentação. Mas além das paisagens, é um grande centro de compras.
Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES