Publicidade

De olho no Mundial, César Cielo volta a competir nesta quinta

César Cielo faz nesta quinta-feira a sua primeira competição do ano, na disputa do Grand Prix de Austin, Texas, nos Estados Unidos. Mas o nadador brasileiro entra em ação sem a obrigação de vencer, garante o seu técnico, Brett Hawke. O importante, segundo ele, é cumprir o cronograma de preparação para o Mundial de Roma, de 17 de julho a 2 de agosto. Será esse o principal evento para o campeão olímpico em 2009.

"O César não ganhou todas as competições no ano passado, mas a que interessava, a Olimpíada (em Pequim). Será a mesma coisa com o Mundial. Agora (em Austin), o importante não é ganhar ou perder, mas como ele compete, como treina", explicou Brett Hawke O técnico revelou que o nadador está em boas condições físicas e, no momento, está se dedicando mais ao ganho de massa muscular

"O César chegou do Brasil bem o suficiente para que a gente pudesse realizar nosso trabalho sem nenhum problema", contou Brett Hawke, que quer ver o brasileiro disputando os 200 metros livre, prova que não é sua especialidade, durante o Grand Prix de Austin. "Vai doer", adiantou o campeão olímpico dos 50 metros livre, pensando no esforço para nadar uma distância maior.

Segundo Brett Hawke, César Cielo chama atenção pelo alto astral. "Ele está feliz. O tempo que passou no Brasil (depois do título olímpico) fez bem a ele. Agora que a Olimpíada se foi e tudo deu certo, ele está sem pressão, relaxado", afirmou o treinador.

Mas outras mudanças aconteceram na rotina do nadador nos Estados Unidos. "Quando fui para Auburn, o pessoal da imigração no aeroporto de Dallas viu meu sobrenome e perguntou se eu era mãe do nadador campeão olímpico", contou Flávia Cielo, a mãe do atleta. Essa fama, porém, ainda não se reverteu em novos patrocínios.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES