Demanda doméstica de passageiros no Brasil fica 27,2% menor em 2021 ante 2019

A demanda doméstica (RPK) global de passageiros em 2021 foi 28,2% menor do que em 2019, nível pré-pandemia, informou nesta terça-feira a Associação Internacional de Transportes Aéreos (Iata, na sigla em inglês). O Brasil acompanhou essa média, encerrando o ano passado 27,2% abaixo do patamar pré-covid.

Já a demanda global internacional em 2021 foi 75,5% inferior ao resultado de 2019. A oferta (ASK) diminuiu 65,3% sobre 2019.

Com esse resultado, a demanda total global do setor de aviação recuperou em 2021 42% dos níveis de 2019, informou a Iata.

De acordo com a entidade, o resultado representa um avanço em relação a 2020, quando a demanda caiu 65,8% sobre 2019.