Cotidiano

Depressão em adolescentes cresce impulsionada por uso de redes sociais

(Foto: Divulgação)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A disseminação de smartphones, tablets e notebooks conjugada com o surgimento das redes sociais mudou a maneira como crianças e adolescentes interagem com o mundo e com os outros, com impactos positivos e negativos.

Se propiciaram acesso a uma miríade de conhecimento e permitiram uma comunicação ágil e instantânea, essas novas tecnologias também produziram novas fontes de angústia e tornaram mais fácil aos jovens tomarem contato com conteúdos e situações para os quais não estão preparados emocionalmente.

LEIA A MATÉRIA COMPLETA NO BARULHO CURITIBA