Supremo

Deputado Paulo Martins é intimado pelo STF a depor em inquérito sobre atos antidemocráticos

Paulo Martins (PSC); inquérito que investiga a organização de atos contra a democracia no país
Paulo Martins (PSC); inquérito que investiga a organização de atos contra a democracia no país (Foto: Pablo Valadares/Câmara dos Deputados)

O deputado federal paranaense Paulo Martins (PSC) foi intimado pelo Supremo Tribunal Federal a depor no inquérito que investiga a organização de atos contra a democracia no país. O procurador-geral da República, Augusto Aras, pediu a abertura da investigação após atos realizados em 19 de abril em todo o país. Os protestos tinham entre os manifestantes defensores do fechamento do Congresso, do STF e da reedição do AI-5, o ato institucional que endureceu o regime militar.

Martins confirmou a informação em publicação no twitter. "Fui intimado a depor no 'inquérito dos atos antidemocráticos', aquela beleza em defesa da liberdade.  Eu devo ser uma grande ameaça à democracia, já que todos os dias tomo decisões que violam a Constituição", comentou.

Leia mais no blog Política em Debate