PRIVATIZAÇÃO

Deputados retomam MP da Eletrobrás

Com a aprovação, na semana passada, pelo Senado, da Medida Provisória que prevê a privatização da Eletrobrás, a Câmara Federal retoma hoje a discussão da proposta. A iniciativa já havia sido aprovada pela Casa no mês passado, mas como os senadores fizeram alterações no texto ele retorna para análise dos deputados.
O presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), informou que pode convocar sessão extraordinária hoje para votar as mudanças. A MP precisa ser aprovada até amanhã, quando perde a validade. O texto viabiliza a privatização da Eletrobras, estatal vinculada ao Ministério de Minas e Energia que responde por 30% da energia gerada no País.
O modelo de desestatização prevê a emissão de novas ações da Eletrobras, a serem vendidas no mercado sem a participação do governo, resultando na perda do controle acionário de voto pela União.