Publicidade

Desfalcado, Atlético-MG repete esquema para conter mais um candidato ao título

Em péssimo momento no Campeonato Brasileiro, com apenas quatro pontos somados nos últimos nove jogos, o Atlético Mineiro vai apostar na repetição de um esquema tático defensivo para superar os desfalques e parar mais um dos candidatos ao título nacional, neste quinta-feira, às 20 horas, no Maracanã, contra o Flamengo, em duelo válido pela 24ª rodada.

Diante da série de tropeços, o técnico Rodrigo Santana decidiu alterar o esquema tático do Atlético-MG para o seu compromisso anterior, diante do Palmeiras. O treinador sacou um meia, colocou um terceiro zagueiro em campo e apostou no esquema tático 5-4-1. A estratégia surtiu parte do efeito desejado, com o time só cedendo o empate ao vice-líder do Brasileirão aos 38 minutos do segundo tempo da partida disputada no último domingo no Allianz Parque.

Será assim, também, nesta quinta, quando o time terá pela frente o primeiro colocado Flamengo. Santana vai adotar o mesmo esquema tático, mas a sensação é de que o desafio é ainda maior, ainda mais que o time mineiro entrará em campo bastante desfalcado no Maracanã. E o adversário tem o melhor ataque do torneio, com 48 gols marcados.

Desta vez, o Atlético-MG não poderá contar com o lateral-direito Guga e o goleiro Cleiton, ambos convocados para defender a seleção brasileira olímpica, e o meia-atacante Otero, chamado para defender a Venezuela. Além disso, Luan precisará cumprir suspensão automática, enquanto Réver segue agastado por lesão.

Essas ausências vão abrir espaço para três jogadores que perderam a titularidade na atual má fase do clube. São os casos do lateral Patric, que celebrará a marca de 500 jogos como profissional, e dos meias Cazares e Vinícius. Já a meta será ocupada por Wilson.

Após iniciar a rodada a sete pontos da zona de classificação à Copa Libertadores, o Atlético-MG sabe que precisa melhorar o desempenho para sonhar com o torneio continental em 2020. E espera repetir o que fez no primeiro turno, quando derrotou o Flamengo por 2 a 1, no Independência.

"Vamos tentar fazer um grande jogo para voltar ao caminho das vitórias, voltar a subir na tabela. O lugar que o Atlético está na tabela não condiz com esse grande clube. Nada melhor do que fazer uma grande partida e conseguir uma vitória contra o líder da competição para a gente aumentar a confiança e subir na tabela", disse Wilson.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES