Série B

Desfalcado, Coritiba recebe time com números pífios em 2019

Robson participa do treino de segunda-feira: ele pode estrear pelo Coxa nesta terça-feira
Robson participa do treino de segunda-feira: ele pode estrear pelo Coxa nesta terça-feira (Foto: Divulgação/Coritiba)

O Coritiba tem desfalques e dúvidas na escalação para a partida desta terça-feira (dia 16) às 19h15, contra o São Bento, no Couto Pereira, pela 10ª rodada da Série B. O técnico Umberto Louzer não terá o volante Vitor Carvalho e o meia Juan Alano, suspensos por cartões amarelos, e não confirmou se o atacante Robson será titular. Também não antecipou se o meia Giovanni e o lateral-esquerdo Patrick Brey serão utilizados.

O adversário dessa terça-feira, o São Bento, está na zona de rebaixamento da Série B e coleciona números pífios em 2019. Em toda a temporada, o time de Sorocaba disputou 21 partidas e somou apenas três vitórias – sobre Oeste, Vitória e Bragantino. Nesses 21 jogos, o time marcou apenas 18 gols e sofreu 32. No Paulistão, amargou o rebaixamento para a segunda divisão estadual (chamada de Série A-2).

No momento, a equipe do técnico Doriva está há quatro jogos sem vencer – empate com o Sport e três derrotas (Vila Nova, Bragantino e CRB).

Durante a pausa para a Copa América, o São Bento perdeu o centroavante Alecsandro, 38 anos, ex-Coritiba. Ele deixou o clube de Sorocaba após 18 jogos e 2 gols para acertar com o CSA.

Os destaques individuais do time paulista na Série B são o volante Vinícius Kiss, ex-Coritiba, e o atacante Zé Roberto, artilheiro do time na competição, com três gols em sete jogos. Com esses mesmos três gols, ele lidera a lista de goleadores do clube na temporada.

ESCALAÇÃO
A principal dúvida no Coritiba é a escalação de Robson, recém-chegado do Bangkok United, da Tailândia. Ele teve o contrato registrado nessa segunda-feira e tem autorização para estrear. No entanto, o técnico ainda não confirmou a utilização do jogador. “É uma ideia, tivemos um feedback sobre sua condição e vamos conversar com ele agora para ver como está se sentindo fisicamente. É uma possibilidade e foi treinada”, disse Umberto Louzer. Ele entraria no lugar de Alano, suspenso. Outras opções para essa vaga são Lucas Tocantins, Nathan e Igor Paixão.

A vaga de Vitor Carvalho, outro suspenso, pode ficar com João Vitor ou com Matheus Sales, que cumpriu suspensão por cartões amarelos na derrota para o Criciúma, na última terça-feira.

O lateral-direito Diogo Mateus segue fora, por lesão. Ele não atuou em Santa Catarina e não tem previsão de retorno. As opções para a lateral-direita são Sávio e Felipe Mattioni, que não atua desde março, devido a lesões.

O centroavante Rodrigão, com amigdalite, foi poupado da atividade de segunda-feira. A tendência é que esteja recuperado até a partida com o São Bento. Caso contrário, Wanderley é o substituto imediato. Outra opção seria Igor Jesus, mas ele está lesionado.

O meia Giovanni e o lateral-esquerdo Patrick Brey estão recuperados de lesões, mas não estão 100% fisicamente. Com isso, a tendência é que comecem no banco de reservas.

Na última partida, Umberto Louzer montou o Coritiba no esquema tático 4-1-4-1, com Vitor Carvalho como único volante. A linha de quatro tinha Thiago Lopes (centro), Luiz Henrique (centro), Rafinha (esquerda) e Alano (direita).

CORITIBA x SÃO BENTO
Coritiba: Wilson; Felipe Mattioni (Sávio), Walisson Maia, Sabino e Patrick Brey (Fabiano ou William Matheus); Matheus Sales (João Vitor), Luiz Henrique, Thiago Lopes (Giovanni), Rafinha e Robson (Lucas Tocantins); Rodrigão (Wanderley). Técnico: Umberto Louzer
São Bento: Henal; Régis, Guilherme Mattis, Elton e Guilherme Romão; Doriva; Fernandes, Vinícius Kiss, Cafu e Minho; Zé Roberto. Técnico: Doriva
Árbitro: Rodrigo Nunes de Sá (RJ)
Local: Couto Pereira, terça-feira às 19h15